Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Miley Cyrus diz que queria ‘fazer história’ no VMA

Em entrevista exclusiva ao site da MTV americana, a cantora disse que atitudes controversas são normais no mundo da música pop

Por Da Redação 3 set 2013, 17h18

A cantora Miley Cyrus quebrou o silêncio e falou pela primeira vez a respeito de sua apresentação controversa durante a cerimônia do Video Music Awards (VMA) no último dia 25 de agosto, quando ela fez o famoso “twerk” – rebolado sensual – com o cantor Robin Thicke enquanto os dois cantavam a música Blurred Lines.

Em trecho de entrevista feita pela MTV americana e publicado nesta terça-feira no site do canal, Miley afirmou que desde o início tinha a intenção de chamar a atenção e dar ao público algo para falar a respeito. “Eu e Robin dizíamos o tempo todo: ‘Você sabe que nós estamos prestes a fazer história agora'”, disse a cantora durante a entrevista.

LEIA TAMBÉM:

Miley Cyrus e seu bizarro rito de passagem para a vida adulta

Noivo de Miley Cyrus ficou ‘horrorizado’ com show no VMA

Harry Styles diz que dança de Miley é ‘promíscua’ e ‘inapropriada’

Continua após a publicidade

O objetivo foi atingido. A performance fez a cantora ser a mais comentada nas redes sociais na noite da cerimônia com 306.100 tuítes por minuto, desbancando o show de Beyoncé no Super Bowl no começo deste ano, que foi precedido por um blecaute e pautou 231.000 tuítes por minuto. “Já se passaram três dias (da apresentação) e as pessoas continuam falando a respeito, repensando. Vocês estão pensando mais do que eu quando fiz isso”, brincou a artista, em trecho da entrevista que foi concedida dia 27 de agosto, mas ainda sem data para ir ao ar.

No entanto, Miley provocou mais reações negativas do que positivas. Entre as menções nas redes sociais, estavam diversas críticas à sua postura no palco. Além disso, o Conselho de Pais pela Televisão dos Estados Unidos (Parents Television Council) repudiou a atitude da cantora e pediu que o VMA passasse a ser restrito para, no mínimo, maiores de 14 anos, e fizesse parte de uma programação à la carte.

LEIA TAMBÉM:

Miley Cyrus e Justin Bieber lançam o single ‘Twerk’

Justin Timberlake defende Miley: ‘Ela quer dizer que cresceu’

Mas, nada que tenha tirado o sono de Miley, que questionou as críticas ao dizer que essas atitudes fazem parte da história da música pop. “Madonna fez isso, Britney fez isso. É isso que vocês estão procurando, vocês querem fazer história”, afirmou a cantora que não costuma pensar duas vezes antes de tomar certas atitudes porque, segundo ela, “essa sou eu”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês