Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Mel Gibson faz acordo com ex-mulher e se livra de ir para a cadeia

Oksana Grigorieva acusa o ator de tê-la agredido em 2010, numa mansão em Malibu, na Califórnia

Por Da Redação 9 mar 2011, 21h44

Acusado de violência doméstica por sua ex-mulher, a pianista russa Oksana Grigorieva, o ator Mel Gibson se livrou de ir para a cadeia ao realizar um acordo extrajudicial com Okasana. Segundo informações da revista americana People, o ator deverá ser submetido a cursos de orientação psicológica, uma espécie de reabilitação para brutamontes. O valor do acordo não foi informado pelas partes mas estima-se que chegue à casa dos sete dígitos.

O caso ainda irá a julgamento e Gibson deve se declarar culpado. No entanto, qualquer sanção judicial perderá o valor, anulada que está pelo acordo firmado entre o casal fora dos tribunais.

Grigorieva denunciou uma suposta agressão de Gibson em janeiro de 2010. A confusão teria ocorrido na casa do ator em Malibu, na Califórnia. Ele nunca negou a agressão mas disse, no entanto, que o fez para proteger a filha do casal. Na declaração que prestou à justiça americana, Mel Gibson diz que “bati uma vez com a mão aberta em uma tentativa de devolvê-la à realidade”.

Publicidade