Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Manuscritos de Orson Welles para ‘Cidadão Kane’ vão a leilão

Um dos roteiros é o final, já revisado e com anotações do diretor sobre ângulos para a câmera

Por Da Redação 16 set 2015, 10h28

Manuscritos de Orson Welles para Cidadão Kane (1941) vão a leilão no próximo dia 30, nos Estados Unidos, ao lado do roteiro final, já revisado, do longa. Os itens serão oferecidos pela Profiles in History, casa de leilões de Calabasas, Califórnia, especializada em objetos e documentos relacionados a Hollywood.

LEIA TAMBÉM:

Filme perdido de Orson Welles vai abrir Festival de Veneza

Produtores fazem vaquinha para finalizar filme de Orson Welles

Oscar de Orson Welles por ‘Cidadão Kane’ é vendido por 861.000 dólares

Stallone vai leiloar objetos utilizados em ‘Rocky’ e ‘Rambo’

Um dos roteiros foi escrito em 1940 por Herman Mankiewicz, colaborador de Welles, e, segundo a casa de leilões, é o rascunho mais antigo que já pertenceu a uma coleção privada, ao que se sabe. Seu valor é estimado entre 20.000 e 30.000 dólares (77.000 a 115.000 reais), mesma faixa de preço dos outros dois itens.”O segundo manuscrito é uma evolução completa do anterior, agora com elementos principais da trama”, escreveu no catálogo do leilão Herman Lebo, autor do livro Citizen Kane: A Filmmaker’s Journey (Cidadão Kane: A Jornada de um Cineasta, em tradução livre), previsto para ser lançado no próximo ano nos Estados Unidos.

O terceiro roteiro, final e revisado, inclui anotações feitas a mão pelo próprio Welles sobre a direção e os ângulos que a câmera deve pegar, e ainda contém assinatura de boa parte do elenco. Com 156 páginas, o item é datado de 16 de julho de 1940. “Este é o roteiro que Welles segurou nas mãos enquanto dirigia o filme com seu bloco de anotações”, afirmou Joseph Maddalena, dono da Profiles in History. Segundo ele, os objetos foram adquiridos por sua loja de uma pessoa que era próxima do diretor, morto em 1985.

Além dos roteiros de Cidadão Kane, há ainda a transcrição da versão radiofônica de Guerra dos Mundos, livro de H.G. Wells, feita pela CBS, rede americana de televisão e rádio. Em 1938, a obra de ficção científica foi lida por Welles no rádio e causou histeria nos EUA pois levou muitos a acreditarem que o enredo — a Terra invadida por alienígenas — fosse real. Depois, a CBS emitiu uma carta com um pedido de desculpas pelos problemas que a transmissão havia causado. A carta também irá a leilão, e seu valor é estimado entre 20.000 e 30.000 dólares (77.000 a 115.000 reais).

Continua após a publicidade
Publicidade