Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Mãe de Carrie Fisher, Debbie Reynolds morre um dia após a filha

Informação foi dada pelo site americano TMZ, que afirmou ainda que ela se sentiu mal enquanto tratava detalhes do funeral

Por Da redação Atualizado em 29 dez 2016, 00h57 - Publicado em 29 dez 2016, 00h16

Um dia após a morte de sua filha Carrie Fisher, morreu na noite desta quarta-feira a atriz americana Debbie Reynolds, informou o site americano TMZ. Ela sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).

Pouco antes, a atriz de 84 anos “sofreu uma emergência médica”, com “um possível derrame”, noticiou o mesmo TMZ, acrescentando que ela estaria consternada desde a morte da filha, decorrente de um infarto. Segundo o site, citando fontes familiares anônimas, Debbie estaria na casa de seu filho para discutir o funeral da filha.

  • Debbie Reynolds, que recebeu o Prêmio Humanitário Jean Hersholt no ano passado, se consagrou no filme Cantando na Chuva, em 1952. Ela foi indicada ao Oscar por seu papel em A inconquistável Molly, em 1964, e ajudou financeiramente um grupo que trabalhava com pessoas vítimas de problemas mentais.

    Sua autobiografia, Unsinkable: A Memoir, publicada em 2013, detalhou os altos e baixos de sua vida familiar e carreira glamourosa durante a Era de Ouro de Hollywood. Conhecida como uma das principais colecionadoras de objetos valiosos de Hollywood, ela foi casada com o pai de Carrie Fisher, Eddie Fisher, por quatro anos durante a década de 1950.

    Carrie Fisher, que se tornou célebre como a princesa Leia nos filmes de Star Wars, morreu na terça-feira aos 60 anos depois de sofrer um ataque cardíaco na sexta-feira passada.

    Continua após a publicidade
    Publicidade