Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Luma de Oliveira volta à Marquês de Sapucaí

Ex de Eike Batista será musa de camarote que terá o tema "Vou morrer de saudades"

Por Da Redação 1 fev 2011, 17h12

Inspiração para dez entre dez rainhas de bateria, a inesquecível Luma de Oliveira está de volta ao carnaval. Aos 46 anos, ela foi apresentada nesta terça-feira como a musa do camarote de uma cervejaria. Em forma, ela optou por um vestido curto e decotado, bem ao estilo que a celebrizou. A empresa, pioneira no marketing de celebridades na Marquês de Sapucaí, escolheu o Hotel Santa Teresa – o mesmo que hospedou, recentemente, a cantora Amy Winehouse – para fazer o anúncio.

Luma desfilou pela última vez como rainha da Portela, em 2009, e definiu como “um toque de classe” ter sido escolhida para este novo posto em 2011. “Estou me sentindo prestigiada. Com tantas mulheres lindas no Brasil e no Rio, eu ter sido a eleita é um toque de classe”, afirmou.

A bela estreou como rainha de bateria na Caprichosos de Pilares em 1987, já causando frisson: desfilou com os seios à mostra. Em 1998, provocou a ira das feministas ao desfilar com um coleira na qual se lia o nome de Eike Batista, então seu marido. Foram muitos anos de serviços prestados à folia, com passagens marcantes por Tradição, Viradouro e Portela. Em 2004, ela se meteu numa confusão ao desistir de desfilar pela Mocidade Independente de Padre Miguel, alegando uma falsa gravidez. Em 2008, chegou a lançar candidatura para a presidência da Viradouro, mas acabou desistindo da ideia.

Hoje, ela justifica sua ausência da passarela argumentando que é impossível conciliar a rotina de mãe com as obrigações de uma rainha. “Recebo convites todos os anos. Não posso dizer que não desfilarei mais. Posso ter uma recaída. Mas o carnaval hoje é diferente. Tem que ter bastante tempo e não tenho esse tempo. Tenho dois filhos (Thor, de 19 anos, e Olin, de 15) para criar. E filho criado, trabalho dobrado. Mas morro de saudades da Sapucaí”, diz.

Às dezenas de mulheres que todos os anos se aventuram como rainhas de bateria, a experiente Luma avisa que beleza é importante, mas não é tudo. “O que interessa para ser inspiração para as rainhas é ter a alma do carnaval. Não é pela beleza. São muitas as mulheres bonitas da Sapucaí. Conquistei pela alma da festa.”

Neste carnaval, o camarote da cervejaria completa 21 anos e se despede do atual formato, uma vez que o prédio onde funcionava a fábrica, na Marquês de Sapucaí, será demolido para dar lugar a novos módulos de arquibancadas. Por esse motivo, o tema desse ano é “Vou morrer de saudades”, frase que aparece na camiseta confeccionada pelo estilista francês Christian Autitier. No entanto, o secretário de Turismo, Antonio Pedro, garantiu na coletiva que o camarote volta no ano que vem, com outro formato.

Continua após a publicidade
Publicidade