Clique e assine com até 92% de desconto

Longe das telas, Eddie Murphy cai no reggae

Desde 2012 sem atuar em longas, quando estrelou 'As Mil Palavras', Murphy canta reggae na música 'Oh Jah Jah'

Por Da Redação 7 Maio 2015, 13h42

O comediante Eddie Murphy, de 54 anos, não lança um filme desde 2012, quando estrelou a comédia As Mil Palavras, mal sucedida junto ao público e à crítica. Mas não está tão longe das artes. Agora, três anos depois do derradeiro longa, Murphy se arrisca na música ao cantar e tocar guitarra em Oh Jah Jah, single de reggae que ele compôs e lançou no iTunes nesta quarta. A música também está no canal do ator no YouTube, onde ele aparece acompanhado de banda em um clipe.

LEIA TAMBÉM:

Eddie Murphy é o astro da comédia ‘Roubo nas Alturas’

Eddie Murphy desiste de apresentar o Oscar

Esta não é a primeira tentativa de Murphy como músico. Em 1993, ao lado de Shabba Ranks, músico jamaicano de dancehall, gênero derivado do reggae, o ator de Dr. Dolittle gravou I Was A King, e em 2013 teve a companhia do rapper Snoop Dogg na canção Red Light. À revista americana Rolling Stone, ele façou sobre a possibilidade de fazer um álbum. “Se a música tiver boa recepção do público, talvez lance um CD, mas não me importo com isso.”

O hiato de três anos sem lançar nada nos cinemas deve ser interrompido ainda em 2015, com Murphy no drama Cook. O personagem de Murphy, Mr. Church, é um cozinheiro contratado para preparar refeições para a garota Charlotte (Britt Robertson) e sua mãe, Marie (Natascha McElhone), que está com uma doença terminal. Apesar de previsto para este ano, o longa dirigido por Bruce Beresford – indicado ao Oscar de melhor diretor em 1984 por A Força do Carinho – ainda não teve data de lançamento definida.

Além disso, Murphy estava cotado para reassumir o papel do detetive Axel Foley no filme Um Tira da Pesada (1984), que o destacou em Hollywood. O quarto longa da série estava previsto março de 2016, mas os estúdios da Paramount cancelaram a data. Recentemente, Murphy falou à revista Rolling Stone que só fará o filme se ele realmente valer a pena. “Não farei Um Tira da Pesada sem um roteiro incrível. Não preciso de mais dinheiro.” A Paramount não reagendou o lançamento.

Continua após a publicidade
Publicidade