Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Livro raro é arrematado por US$ 14 milhões e bate recorde

Primeira obra impressa no continente americano, 'Bay Psalm Book' data de 1640 e traz o livro de Salmos traduzidos para o inglês

Por Da Redação 27 nov 2013, 00h12

Uma cópia do Bay Psalm Book, o primeiro livro a ser impresso no continente americano, foi arrematada nesta terça-feira por 14,16 milhões de dólares — o equivalente a 32 milhões de reais — em leilão promovido pela casa Sotheby’s, em Nova York. Apesar de o valor ter ficado um pouco abaixo do esperado pelos organizadores, que estimavam lances entre 15 e 30 milhões de dólares, o preço final supera com folgas o recorde anterior para um livro arrematado em leilão. Em 2010, a primeira edição de The Birds of America, do naturalista Jean-Jacques Audubon, foi vendida por 11,5 milhões de dólares.

Obra rara – Editado pelos primeiros membros do movimento puritano, em 1640, em Massachusetts, com o título original The Whole Booke of Psalmes Faithfully Translated into English Metre, o livro arrematado nesta terça traz os versos de Salmos, presentes na Bíblia, traduzidos para o inglês de uma maneira próxima do original em hebraico. Feito com uma prensa da época, foram impressas 1 700 cópias. Mas sobraram apenas onze exemplares.

A cópia leiloada fazia parte da coleção de livros raros da igreja Old South Church de Boston, em Massachusetts. Dona de dois exemplares, a igreja decidiu vender um deles para financiar alguns de seus projetos. As demais edições remanescentes da obra estão em museus e bibliotecas públicas americanas, entre eles a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e a Universidade de Harvard.

Comprador – O Bay Psalm Book foi adquirido pelo filantropo David Rubenstein, multimilionário fundador do grupo The Carlyle que, segundo a Sotheby’s, pretende colocar o exemplar à disposição do público por meio de exposições em bibliotecas dos Estados Unidos.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade