Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Livro diz que Judy Garland foi molestada em ‘O Mágico de Oz’

'Os anões fizeram a vida de Judy um inferno no set, colocando as mãos sob seu vestido', diz Sid Luft em livro de memórias

Por Da redação Atualizado em 8 fev 2017, 12h45 - Publicado em 8 fev 2017, 12h33

As histórias dos bastidores de Hollywood sempre trazem relatos picantes ou constrangedores, quando não trágicos, sobre grandes nomes do cinema. No livro de memórias Judy and I: My Life with Judy Garland, escrito pelo ex-marido da estrela de O Mágico de Oz, vem à tona a revelação de que a atriz era molestada pelos anões que faziam os munchkins, pequenas criaturas mantidas como cativos pela irmã da Bruxa Má do Oeste. Sid Luft morreu em 2005, e o livro, póstumo, está para ser lançado na Inglaterra e nos Estados Unidos, de acordo com o jornal britânico The Guardian.

“Eles achavam que escapariam de qualquer acusação e que poderiam fugir pelo fato de serem pequenos. Fizeram a vida de Judy um inferno no set, colocando as mãos sob seu vestido. Os homens tinham 40 anos ou mais”, diz o relato do livro.

A própria Judy Garland já havia feito uma declaração negativa contra os anões. Em 1967, ao lembrar do mau comportamento do grupo no set, disse que eles eram uns bêbados que davam trabalho para a polícia.

Na época do filme, lançado em 1939, Judy Garland tinha apenas 16 anos. Ela despontou graças ao longa, que se tornaria um clássico do cinema. A atriz se casou com Sid Luft 1952 e os dois ficaram juntos por 13 anos. Judy Garland morreu em junho de 1969.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)