Clique e assine a partir de 9,90/mês

Leonardo DiCaprio assina parceria ‘eterna’ com a Netflix

O ator vai lançar filmes e séries documentais sobre o meio ambiente no serviço de streaming – e o contrato não tem previsão de término

Por Da Redação - 4 mar 2015, 19h50

Após uma colaboração de sucesso em Virunga, documentário sobre a situação de gorilas em reservas africanas indicado ao Oscar deste ano, Leonardo DiCaprio e a Netflix anunciaram a retomada da parceria, que agora parece ser duradoura – o contrato firmado não estabelece um prazo para o acordo. O ator será produtor de documentários sobre temas como meio ambiente e preservação que serão disponibilizados no serviço de streaming. É uma oportunidade que DiCaprio estava esperando para reunir os vários papeis que vem desempenhado nos últimos anos: ator, produtor e filantropo.

O acordo entre a produtora de DiCaprio, Appian Way, e a Netflix abrange tanto documentários originais quanto séries documentais, bem como a participação da empresa nas aquisições. Isso significa que DiCpario será ativo nas escolhas das produções.

Leia também:

Após rumores, DiCaprio e Rihanna são fotografados juntos

Leonardo DiCaprio na ONU: Aquecimento global não é ficção, é fato

Dono da Netflix dá assinatura vitalícia a Silvio Santos

“O trabalho conjunto em Virunga foi a faísca de uma visão compartilhada de projetos que queremos desenvolver e levar ao público”, declarou DiCaprio em comunicado. Segundo o ator, “o planeta nunca esteve em um momento tão crítico, e precisamos de narradores talentosos para nos ajudar a entender a realidade que nos espera. Por intermédio da parceria com a Netflix, espero poder proporcionar aos documentaristas que realizam um trabalho importante e urgente uma chance de mostrar seus filmes para o mundo todo”.

Ted Sarados, diretor de conteúdos do Netflix, acrescentou: “Esta parceria é uma extensão natural da nossa relação incrível com Leo em Virunga. Estamos ansiosos para a construção do nosso sucesso partilhado com mais produções instigantes e de qualidade.”

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade