Clique e assine a partir de 8,90/mês

Lena Dunham, de ‘Girls’, diz que ‘gostaria de ter feito aborto’

Atriz afirmou que queria ter passado por essa experiência para poder lutar contra o estigma que existe em torno do procedimento

Por Da redação - 20 dez 2016, 21h37

Famosa por ser a criadora e a protagonista de Girls, série da HBO queridinha da crítica quando estreou, em 2012, Lena Dunham também é conhecida por suas controvérsias. Ao mesmo tempo em que ela se posiciona como feminista e progressista, ela já foi criticada por passagens de seu livro de memórias, Não Sou Uma Dessas, em que ela fala sobre a relação com sua irmã mais nova – alguns leitores viram nesses trechos um relato da atriz sobre como ela abusou sexualmente da irmã. Agora, uma declaração extremamente infeliz saiu da boca de Lena. Desta vez, sobre a questão do aborto.

Durante seu podcast, Women of the Hour, a americana afirmou que, embora ela nunca tenha feito um aborto, ela gostaria de ter passado por essa experiência para poder lutar contra o estigma que existe em torno do procedimento. Lena contou que, durante uma visita à sede da Planned Parenthood, uma ONG pró-aborto, uma garota perguntou se ela poderia participar de um projeto que consistia em mulheres contando suas histórias sobre aborto. “Eu queria deixar claro para a menina que, por mais que eu estivesse lutando pelas opções de outras mulheres, eu mesma nunca tinha feito um aborto”, disse.

“E eu percebi que até eu estava carregando comigo o estigma sobre esse assunto. Até eu, a mulher que se importa tanto com o direito das mulheres de escolher, senti que era importante que as pessoas soubessem que eu não estava marcada nesse departamento”, continuou. “Sinto tanto orgulho pela coragem e pelo autoconhecimento dessas mulheres e foi um momento muito importante para mim quando eu percebi que havia internalizado o que a sociedade estava jogando sobre nós e que eu precisava jogar tudo isso fora. Agora eu posso dizer que ainda não fiz um aborto, mas gostaria de ter feito.”

O público, com razão, se enfureceu com a falta de sensibilidade de Lena com as mulheres que, de fato, haviam passado por um aborto, um procedimento complexo e arriscado que envolve, na maioria dos casos, decisões difíceis de quem passa por ele.

Continua após a publicidade
Publicidade