Clique e assine com até 92% de desconto

Kim Kardashian processa site que relatou que roubo foi armação

Ela teve cerca de 10 milhões de dólares roubados em joias em hotel de Paris

Por Da redação Atualizado em 11 out 2016, 21h56 - Publicado em 11 out 2016, 21h23

Kim Kardashian abriu processo contra o site MediaTakeout nesta terça-feira por uma reportagem que dizia que ela mentiu sobre o assalto à mão armada que sofreu em Paris. Kim protocolou o processo em tribunal federal em Nova York acusando o site de relatar que ela teria armado o ataque “sem quaisquer apoios factuais”.

  • Ela teve cerca de 10 milhões de dólares roubados em joias após homens armados colocarem uma arma em sua cabeça e amarrarem suas mãos no quarto de hotel que estava em Paris em 3 de outubro.

    O processo por difamação cita o site e o fundador do site, Fred Mwangaguhunga, como réus. Mwangaguhunga se recusou a publicar uma retratação e um pedido de desculpas por chamá-la de “mentirosa e criminosa”, de acordo com o processo.

    Kim tem se mantido fora dos holofotes desde o roubo. Seus dois filhos e familiares não estavam com ela no momento do incidente.

    (Com agência Reuters)

    Continua após a publicidade
    Publicidade