Clique e assine a partir de 9,90/mês

Kim Kardashian e irmã notificam artista de campanha contra violência

As socialites afirmam que não liberaram uso de imagem para as montagens feitas por Alexsandro Palombo

Por Da Redação - 2 dez 2015, 11h22

A campanha Break the Silence (“Quebre o Silêncio”), que incentiva mulheres a se pronunciarem sobre casos de violência doméstica, causou burburinho na semana passada nas redes sociais ao mostrar celebridades com o rosto coberto de hematomas. Criada pelo artista italiano Alexsandro Palombo, a ação utilizou imagens de famosas como Miley Cyrus, Kim Kardashian e Angelina Jolie. Apesar da boa intenção, Kim e sua irmã, Kendall Jenner, decidiram notificar Palombo através de seus advogados pelo uso indevido de imagem. As informações são do site americano TMZ.

LEIA TAMBÉM:

Arábia Saudita tem primeira campanha contra violência doméstica

Irmã de Kim Kardashian é criticada por ensaio em cadeira de rodas

Sacrifício: Kardashians evitam redes sociais por Lamar Odom

Com as lábios inchados e os olhos roxos, as irmãs aparecem juntamente com a hashtag #StopViolenceAgainstWomen (“Pare a violência contra as mulheres”) e a legenda “No woman is immune from domestic abuse” (“Nenhuma mulher está imune ao abuso doméstico”). Nem Kendall, nem Kim Kardashian aceitaram participar da campanha, embora, segundo o site, elas considerem a causa nobre. Ao jornal espanhol El Mundo, Palombo falou sobre a campanha: “O silêncio mata mais que as enfermidades e os acidentes. Parar derrotar a violência, é necessário utilizar o antídoto da cultura mediante a educação e a sensibilização sobre respeito e igualdade.”

Continua após a publicidade
Publicidade