Clique e assine a partir de 9,90/mês

Justiça argentina embarga equipamentos de Justin Bieber

A decisão ocorreu após os seguranças do cantor terem agredido um fotógrafo local na madrugada do último sábado; os bens serão retidos por 30 dias

Por Da Redação - 15 nov 2013, 05h40

A justiça argentina reteve todo o equipamento usado na turnê de Justin Bieber no país. Os objetos só poderão deixar a Argentina em 30 dias, de acordo com informações do site do jornal Clarín. O pedido do embargo foi feito pelos advogados Víctor Stinfale e Matías Morla devido à agressão ao fotógrafo Diego Pesoa, atacado por seguranças do canadense na madrugada do último sábado, quando o cantor deixava um restaurante no bairro de Palermo, em Buenos Aires.

Leia também:

Miley Cyrus engrossa paródias da ‘soneca’ de Justin Bieber

Justin Bieber pede desculpas por ‘varrer’ bandeira argentina

Vice argentino chama visita de Bieber ao país de ‘tragédia cultural’

A decisão da Justiça abrange todo o equipamento usado por Bieber nos shows realizados na cidade de Córdoba e na capital argentina nos últimos dias 8, 9 e 10 de novembro. Os objetos, instrumentos inclusos, estão avaliados em cerca de 770 000 reais, segundo o site da revista argentina Pronto.

Para alívio da polícia e das autoridades sul-americanas, a passagem de Justin Bieber pelo continente terminou na última terça-feira com um show em Santiago, no Chile. O cantor de 19 anos ainda tem três shows programados na Cidade do México, nos dias 18 e 19 de novembro, antes de seguir para Nova Zelândia e Austrália.

Continua após a publicidade
Publicidade