Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

John Cleese, do Monty Python, lançará autobiografia

Segundo a editora Random House, publicação terá mesmo tom cômico da trupe em que Cleese fez fama. Livro ainda não tem data para ser lançado

Por Da Redação 4 out 2012, 13h07

O ator britânico John Cleese, membro fundador da trupe cômica Monty Python, assinou um contrato para escrever sua autobiografia, segundo confirmou nesta quinta-feira a editora Random House. Meio século após iniciar sua carreira artística, Cleese, que hoje tem 72 anos, ainda está ativo e se mostrou entusiasmado com a possibilidade de relatar sua vida.

“Agora é o momento perfeito de olhar para trás em minha vida e antecipar os próximos 50 anos”, disse o comediante.

A Random House, uma das principais editoras do Reino Unido, não especificou a data da publicação, mas comentou sobre o livro que, “como o próprio artista, promete ser comicamente franco e francamente cômico”.

Cleese, que há pouco tempo se casou pela quarta vez, começou sua carreira no início dos anos 60 como roteirista de televisão e, logo depois, fundou o grupo humorístico Monty Phyton com seus parceiros Graham Chapman, Terry Gilliam, Eric Edle, Terry Jones e Michael Palin.

Juntos, os amigos criaram o Circo Voador de Monty Phyton, uma série de televisão cômica que se transformou em um fenômeno e levou o grupo a fazer excursões, filmes e musicais.

Cleese, que participou de grandes sucessos do grupo como o filme A Vida de Brian, protagonizou, além disso, Um Peixe Chamado Wanda, em Hollywood, a série de televisão Fawlty Towers, e teve papéis em dois filmes de James Bond, o primeiro como R e o segundo como Q, o chefe do departamento de desenvolvimento e investigação.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade