Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Jennifer Aniston diz que foi fácil interpretar chefe durona em novo filme

'Quero Matar Meu Chefe', que estreia nesta sexta-feira em NY, é previsto para 5 de agosto no Brasil

Por Da Redação 8 jul 2011, 11h41

A atriz Jennifer Aniston é uma das patroas terríveis do filme Quero Matar Meu Chefe, que estreia nesta sexta-feira em Nova York, ao lado de Kevin Spacey e Colin Farrell. O filme é previsto para 5 de agosto no Brasil.

Leia também:

Leia também: Jennifer Aniston é a 3ª mais bem paga de Hollywood

O filme narra a história de três amigos, interpretados por Jason Bateman (Juno), Jason Sudeikis (Passe Livre) e Charlie Day (Amor a Distância) que conspiram para matar seus respectivos e horríveis chefes. Jennifer Aniston interpreta uma provocadora dentista que assedia sexualmente um empregado.

“Não sei de outro filme que mostre uma mulher tão dura e sexualmente agressiva como a personagem de Jennifer, acho que é algo verdadeiramente original nessa produção”, diz o diretor Seth Gordon. “Foi irresistível dirigi-la, era a única pessoa que imaginei para o papel”, explicou Gordon. O cineasta garantiu que Jennifer é “uma grande profissional e se comprometeu com a história”.

Além da atriz, os outros “chefes terríveis” do longa são Kevin Spacey (Beleza Americana), na pele de um personagem “realmente hostil” em palavras do diretor, e Colin Farrell (Alejandro Magno), como um incompetente que herda a empresa de seu pai.

Jennifer Aniston, que deixa de lado sua imagem de boa menina projetada após a bem-sucedida série Friends e em diversas comédias românticas, explicou na apresentação do filme em Nova York que não duvidou em aceitar o papel.

“Nem sempre quero interpretar personagens que vou me sentir a salvo”, afirmou. “Apenas fiz meu trabalho, e foi bem fácil”, acrescentou a atriz sobre sua linguagem e atitude provocativa de seu personagem.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade