Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Jay Z fala dos gêmeos e da traição a Beyoncé no álbum ‘4:44’

Músico também homenageia expoentes do entretenimento atual

Por Da redação Atualizado em 30 jun 2017, 13h39 - Publicado em 30 jun 2017, 13h17

Jay-Z foi do Oscar ao nascimento dos gêmeos, passando pela traição a Beyoncé em seu novo álbum, 4:44, lançado nesta sexta-feira. No single que dá nome ao álbum, o rapper admite ter se relacionado com outras mulheres, pouco mais de um ano depois da esposa ter mencionado pela primeira vez as infidelidades do marido no álbum Lemonade.

  • Fãs ficaram chocados no último ano quando Beyoncé acusou Jay Z de traição na música Sorry — uma rara rachadura na aparentemente perfeita fachada de um dos casais mais famosos do mundo da música. Em resposta, 4:44 transpira arrependimento, e evoca os três filhos do casal, Blue Ivy, de 5 anos, e os gêmeos recém-nascidos: Look, I apologize, often womanize/ Took for my child to be born/ See through a woman’s eyes/ Took for these natural twins to believe in miracles/ Took me too long for this song/ I don’t deserve you (Eu peço perdão/ Precisei que minha filha nascesse/ Para eu enxergar pelos olhos de uma mulher/ Precisei destes gêmeos naturaiss para acreditar em milagres/ Demorei para escrever esta música/ Eu não te mereço, em tradução livre).

    O rapper faz outra referência à Sorry em Family Feud, um dueto com Beyoncé. Em seu álbum, a cantora se referiu a amante do marido como “Becky do cabelo bom”. Jay-Z agora responde: “Me deixe em paz Becky”.

    Jay Z ainda homenageia expoentes do entretenimento atual no álbum, do cinema a televisão. Em Moonlight, o rapper comenta a gafe do Oscar, que premiou La La Land – Cantando Estações no lugar de Moonlight: Sob a Luz do Luar, o verdadeiro ganhador. Também, o cantor explora a identidade negra nos Estados Unidos na faixa The Story of O.J., uma lembrança ao filme e série sobre o julgamento do ex-jogador de futebol americano acusado de matar namorada.

    4:44 foi lançado exclusivamente na plataforma de streaming Tidal, fundada por Jay Z em parceria com a companhia de telecomunicaçõe Sprint Corp.

    (com Agência Reuters)

    Continua após a publicidade
    Publicidade