Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Jay-Z admite ter traído Beyoncé e confirma insinuações em músicas

Após especulações de fãs, rapper afirmou que casal usou a criação de músicas como terapia

Por Da redação Atualizado em 30 nov 2017, 11h13 - Publicado em 30 nov 2017, 10h52

O rapper Jay-Z admitiu ter traído a esposa, Beyoncé, em entrevista para o jornal americano The New York Times. O caso de infidelidade já era especulado por fãs desde o lançamento do álbum Lemonade, da cantora, em que ela se refere a uma traição do marido com uma “Becky do cabelo bom” na música Sorry. “Nós usamos nossa arte como uma espécie de terapia. Começamos a fazer músicas juntos, mas o álbum dela estava bem mais adiantado”, revelou, se referindo ao fato de a traição ter sido mencionada primeiro por Beyoncé. O rapper, que disse não guardar mágoa da mulher pela exposição em Sorry, também mencionou a pulada de cerca no seu álbum 4:44, em que ele afirma ser “mulherengo”.

A traição, disse Jay-Z na entrevista, foi superada através de muita DR (discussão do relacionamento). “Foi muito desconfortável e tivemos muitas conversas. Fiquei orgulhoso das músicas que ela fez e ela também sentiu orgulho do que eu lancei. Sei que, no final do dia, temos um respeito saudável um pelo outro. Eu a acho maravilhosa”, afirmou.

  • Durante a entrevista, o americano ainda mencionou a possibilidade de um divórcio no período conturbado do casal. “A maioria das pessoas se afasta e a taxa de divórcio é de cerca de 50%. O mais difícil é você ver a dor que causou no rosto do outro e, então, ter que lidar com isso e consigo mesmo.”

    Já sobre o episódio em que apanhou da cunhada, a cantora Solange Knowles, Jaz-Z não comentou. À época, em maio de 2014, rumores diziam que Solange havia partido para cima do rapper, depois do rega-bofe do Met-Gala, para vingar a traição sofrida pela irmã.

    Lançado em junho deste ano, o 13° disco de Jay-Z, 4:44, está concorrendo em oito categorias no Grammy, incluindo a de melhor álbum do ano. A premiação acontece dia 28 de janeiro.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade