Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

IMPERDÍVEL: ‘Meu Amigo, o Dragão’ reforça tradições Disney

Remake da animação de 1977 conta a história de um garoto perdido na floresta, que sobrevive com a ajuda da amizade de um dragão

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 out 2016, 09h01 - Publicado em 1 out 2016, 05h30

Mestre na arte de fazer filmes infantis, a Disney coloca em circuito mais uma produção voltada para a família. Meu Amigo, o Dragão, remake em live-action da animação de mesmo nome, lançada em 1977, o filme em cartaz no Brasil apresenta todos os elementos que fizeram do estúdio um especialista em emocionar e entreter. Pete (vivido por Levi Alexander no início, e por Oakes Fegley na maior parte do filme) sofre um acidente de carro com os pais, próximo a uma floresta. Só ele sobrevive. Perdida, a criança é salva por um gigantesco ser esverdeado: um dragão, batizado pelo pequeno de Elliot. A dupla passa seis anos na floresta, até que o menino é descoberto pela guarda florestal, encabeçada por Grace (Bryce Dallas Howard), filha do lúdico Meacham (Robert Redford).

LEIA TAMBÉM:
‘Mogli’ aposta na fofura, mas impressiona com efeitos visuais

Morte de familiares e uma criança desamparada são temas recorrentes do estúdio de Mickey Mouse. Assim como mensagens de preservação ambiental e a força da amizade. Todas levadas a sério na produção assinada pelo diretor David Lowery. Outro elemento típico da Disney é dar a personagens que devem ser fofos características típicas de um cachorro. Como aconteceu com os robôs Wall-E e BB8, de Star Wars, por exemplo. Agora, o dragão Elliot faz às vezes do animal de estimação. O recurso é bobo e risível para os adultos, mas parece funcionar bem com crianças. Afinal, o filme é para elas.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.