Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

IMPERDÍVEL: Design italiano ganha mostra no Tomie Ohtake

Cerca de 170 obras de artistas e designers do país europeu revelam detalhes do estilo consolidado na década de 1960

Por Da redação 17 dez 2016, 06h00

O chamado “estilo italiano”, que emergiu no pós-guerra e consolidou-se durante o final da década de 1960, é tema de uma nova exposição de design no Instituto Tomie Otahke, que abre no dia 14 de dezembro. Com peças provenientes da Coleção Fondazione Massimo e Sonia Cirulli, A Forma das Ideias: Design Italiano do Pós-Guerra traz ao público paulistano 169 obras realizadas pelos mais reconhecidos artistas e designers do país europeu, entre eles Bruno Munari, Erberto Carboni, Lorenzo Castellaro e Gio Ponti.

  • O conceito do estilo italiano está ligado à aliança empreendida entre indústria, habilidade técnica e artesania, em variadas produções, de joias a cerâmica, de têxteis a metais, da publicidade à moda. A mostra traça uma história visual de uma nova e moderna fase industrial do país, durante os anos 1950 e 1960.

    O conjunto de trabalhos reunidos busca transmitir ainda a versatilidade do saber-fazer local, destacando as personalidades multifacetadas de artistas e designers como nos desenhos do carro de corrida Cisitalia e da máquina de café Pavoni; na invenção de campanhas publicitárias para Fiat, Pirelli e Campari; e na criação de ícones modernos como a Lambretta.

    A Forma das Ideias: Design Italiano do Pós-Guerra fica em cartaz de 14 dezembro de 2016 a 5 fevereiro de 2017, no Instituto Tomie Ohtake, na Av. Brigadeiro Faria Lima, 201. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 11h às 20h.

    Continua após a publicidade
    Publicidade