Clique e assine com até 92% de desconto

Ian Holm, ator de ‘O Senhor dos Anéis’, morre aos 88 anos

Ator ganhou projeção nos tradicionais palcos de teatro de Londres, e fama mundial na pele do hobbit Bilbo Bolseiro

Por Redação Atualizado em 19 jun 2020, 11h11 - Publicado em 19 jun 2020, 11h05

Morreu na manhã desta sexta-feira, 19, o ator Ian Holm, conhecido por seu papel como o hobbit Bilbo Bolseiro na franquia O Senhor dos Aneis. Holm tinha 88 anos e faleceu em Londres, em decorrência de complicações do mal de Parkinson. A informação foi confirmada por seu agente ao The Guardian. “É com grande pesar que informamos que o senhor Ian Holm faleceu nesta manhã aos 88 anos. Ele partiu em paz no hospital, com sua família e seu cuidador. Charmoso, gentil e ferozmente talentoso, nos deixará muitas saudades”, diz o comunicado oficial.

ASSINE VEJA

Acharam o Queiroz. E perto demais Leia nesta edição: como a prisão do ex-policial pode afetar o destino do governo Bolsonaro e, na cobertura sobre Covid-19, a estabilização do número de mortes no Brasil
Clique e Assine

Nascido na cidade de Essex, em 12 de setembro de 1931, Holm começou a carreira artística no teatro, na Royal Academy of Dramatic Arts, em Londres. De lá, partiu para o Memorial de Shakespeare em Stratford, onde tornou-se parte da Royal Shakespeare Company, fundada em 1960. Em 1967, conquistou o cultuado Tony Awards de melhor ator em peça por Homecoming, mas deixou os palcos em 1976, depois de experienciar uma série de ataques de ansiedade em cena.

Ian Holm na premiere de Tokien, em 2019 Dave J Hogan/Getty Images

No cinema, estrelou obras populares como coadjuvante, como o filme Alien, o Oitavo Passageiro, As Novas Roupas do Imperador e O Senhor das Armas. Em 1981, foi indicado a um Oscar pelo pape de Sam Mussabini em Carruagens de Fogo, pelo qual venceu um BAFTA, o correspondente inglês do Oscar.

Em 2001, deu vida a Bilbo Bolseiro pela primeira vez, em Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel. Com papel na popular saga de Tolkien, conquistou uma legião de admiradores que o alçaram ao imaginário popular. O papel foi também o último de sua carreira: despediu-se das telas em 2014, no longa O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos. No mês passado, lamentou não poder participar da reunião de elenco de O Senhor dos Anéis em Reunited Apart, programa de Josh Gad. “Sinto saudades de todos vocês e espero que suas aventuras os tenham levado a muitos lugares. Estou em quarentena na minha toca de hobbit.”

Continua após a publicidade
Publicidade