Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Homenagens e recados para todo o mundo: como foi a live de Roberto Carlos

Cantor admitiu que a situação era rara, celebrou os profissionais da saúde e os caminhoneiros e pediu para os fãs evitaram sair de casa

Por Alexandre Senechal Atualizado em 20 abr 2020, 07h13 - Publicado em 19 abr 2020, 20h47

No dia em que completou 79 anos de idade, Roberto Carlos saiu da quarentena de quase um mês para fazer a primeira live da história da carreira. O cantor deixou o isolamento social em sua mansão na Urca e dirigiu 800 metros até um estúdio no mesmo bairro no Rio de Janeiro. O show contou com clássicos como Detalhes, É Preciso Saber Viver e Nossa Senhora e Roberto interagiu com os fãs, fez agradecimentos e pedidos nos 60 minutos em que esteve no ar.

O cantor entrou pontualmente no ar pelo seu canal oficial no YouTube às 19h45, como havia previsto. Durante toda a tarde deste domingo 19, várias pessoas acessaram a página esperando o início do show. A live começou, na internet, direto com Roberto Carlos cantando Como É Grande o Meu Amor Por Você. “Escolhi essa canção para começar porque tenho a chance de dizer para vocês tudo o que eu sinto por vocês. Eu amo vocês”, disse ainda durante a música.

O espetador mais atento pôde perceber a voz de Faustão pouco antes da primeira canção. A Globo transmitiu o início do show durante o final do programa do apresentador. Roberto Carlos até agradeceu pelas palavras do “irmão”. A escolha da emissora em transmitir apenas as duas primeiras músicas antes do início do Fantástico, porém, foi criticada nas redes sociais.

A cada clássico que cantou, Roberto interagiu com os fãs como se estivesse em um show. Ele aproveitou a música Caminhoneiro para fazer uma homenagem aos motoristas que seguem trabalhando para manter o país funcionando. Também agradeceu pelo trabalho dos médicos e dos enfermeiros. Ele evitou falar o nome “coronavírus” e pediu para os fãs ficarem em casa.

Continua após a publicidade

“Estava usando a máscara até agora pouco. Só tirei porque preciso cantar. Vocês têm que usar com certeza. É uma defesa muito grande para tudo o que está acontecendo nesse momento, que eu não gosto nem de falar o nome. Fiquem em casa. Só saiam se for de extrema necessidade”, afirmou.

Roberto não falou só para os fãs brasileiros. Antes de cantar Canzone Per Te, lamentou a situação pela qual está passando a Itália e disse ter certeza de que o país sairá dessa crise em breve. Também fez homenagens para países que falam espanhol antes de interpretar Amigo, canção que fez sucesso na língua.

Após cantar Jesus Cristo, a décima primeira e última música da live, o maestro Eduardo Lages e do tecladista Tutuca Borba – os únicos dois músicos presentes – puxaram Parabéns Pra Você nos instrumentos e um funcionário, vestindo luvas e máscara, levou um bolo para o palco. Roberto Carlos ofereceu o (simbólico) primeiro pedaço para os quase 1,5 milhão de pessoas que acompanharam pela internet.

Diferentemente do que foi anunciado, o cenário não foi somente azul e branco. Era possível ver uma cortina marrom atrás dos músicos. Roberto Carlos vestiu uma calça e um sapato brancos e uma camisa florida em tons de azul. Para o deleite dos fãs, o show, previsto para durar 45 minutos, teve uma hora de duração.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)