Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Homem-Aranha’ segue na liderança e já é a 8ª maior bilheteria da história

Filme ultrapassou nesse final de semana a marca de 1,5 bilhão de dólares globalmente, derrubando outros fenômenos da Marvel e da Disney

Por Amanda Capuano Atualizado em 10 jan 2022, 15h26 - Publicado em 10 jan 2022, 15h25

Em sua quarta semana de exibição no Brasil, Homem Aranha: Sem Volta Para Casa faturou mais 20 milhões de reais, mantendo a dianteira da bilheteria nacional por mais uma semana. No total, os cinemas brasileiros embolsaram entre 32,53 milhões de reais entre 6 e 9 de janeiro, impulsionados pelo herói aracnídeo e pelos filmes infantis Sing 2 (5,75 milhões) e Turma da Mônica – Lições (2,28 milhões). Só no país, desde a estreia em 16 de dezembro, a sequência do Homem-Aranha de Tom Holland chegou a um montante de 264,13 milhões de reais, segundo dados da Comscore, um fenômeno da era pandêmica que ultrapassou, inclusive, lançamentos anteriores ao coronavírus.

Em todo o mundo, o longa chegou essa semana a marca de 1,536 bilhão de dólares, assumindo o posto de oitava maior bilheteria global de todos tempos. Até a semana anterior, o filme sentava na 12ª posição, mas o bom desempenho nos mercados internacionais fez com que ultrapassasse Os Vingadores (1,518 bilhão), Velozes e Furiosos 7 (1,515 bilhão), Frozen II (1,45 bilhão) e Vingadores: Era de Ultron (1,4 bilhão). À frente, agora, na sexta e sétima posição, o Homem-Aranha tem os dinossauros de Jurassic World, com 1,67 bilhão de dólares e a savana de O Rei Leão, com 1,66 bilhão. Vale lembrar que os números de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, foram conquistados sem que o filme esteja em exibição na China, atualmente o maior mercado cinematográfico do mundo.

Nesse semana, o longa estreou no japão com uma arrecadação de 11,8 milhões de dólares. O número é 76% a mais do que o conquistado no lançamento de Homem-Aranha: de Volta ao Lar, em 2017, e 35% superior do que a bilheteria inicial de Homem-Aranha: Longe de Casa, lançado em 2019. O filme se saiu particularmente bem no Reino Unido, terra natal de Tom Holland, onde arrecadou 105,8 milhões de dólares até o momento, impulsionando a bilheteria internacional para 867,5 milhões de dólares segundo a Variety.

Continua após a publicidade

Publicidade