Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Heroína e álcool mataram Cory Monteith

Autoridades canadenses divulgaram o resultado do exame toxicológico que encontrou alta dose da substância ilícita no organismo do ator de 'Glee'

Por Da Redação 16 jul 2013, 18h38

O ator Cory Monteith morreu devido a uma combinação letal de heroína e álcool, segundo o departamento de investigação legista da província canadense British Columbia. O site de notícias local CBC News reproduziu trecho do comunicado enviado pelo orgão na tarde desta terça-feira. “Os exames toxicológicos apontaram que o senhor Monteith, de 31 anos, morreu em decorrência de uma intoxicação aguda.”

Leia também:

Após morte de protagonista, futuro da série ‘Glee’ é incerto

Famosos lamentam a morte de Cory Monteith, de ‘Glee’

O documento ressaltou que as investigações ainda não apontaram outra possibilidade para a morte repentina fora a ingestão acidental de drogas e álcool.

Monteith era um dos protagonistas da série Glee e foi encontrado morto, no último sábado, no quarto do hotel Fairmont Pacific Rime, em Vancouver, no Canadá, onde estava hospedado desde o dia 6. Segundo a polícia, Monteith saiu na sexta-feira à noite com várias pessoas e voltou sozinho ao hotel. Como não fez o “checkout”, foi procurado pelos funcionários do hotel, que o encontraram sem vida.

Em Glee, Monteith interpretava o personagem Finn Hudson desde a primeira temporada, de 2009. A série musical está entre as mais bem-sucedidas da televisão nos Estados Unidos e recebeu diversos prêmios, incluindo dois Globos de Ouro na categoria melhor série de comédia ou musical, em 2010 e 2011. Monteith, em particular, ganhou em 2011 o prêmio Teen Choice de melhor ator de comédia.

Continua após a publicidade
Publicidade