Clique e assine com até 92% de desconto

Herbert Kretzmer, compositor de ‘Os Miseráveis’ e ‘She’, morre aos 95 anos

O músico foi o responsável por traduzir o famoso musical francês para o inglês, versão conhecida na Broadway e no cinema

Por Felipe Branco Cruz Atualizado em 14 out 2020, 14h14 - Publicado em 14 out 2020, 14h13

O compositor Herbert Kretzmer, que ficou conhecido por compor a versão em inglês do musical Os Miseráveis, além do hit She, de Charles Aznavour, morreu nesta terça-feira, aos 95 anos. A notícia foi confirmada pelo produtor Cameron Mackintosh, amigo de longa data de Kretzmer. “É terrivelmente triste saber que o grande Herbert Kretzmer morreu ontem à noite após um período enfermo. Suas letras maravilhosas para Os Miseráveis permanecerão em nossa memória para sempre”, escreveu Mackintosh.

Alain Boublil e Claude-Michel Schönberg, compositores da versão original em francês do musical, também prestaram homenagens a Kretzmer. “Graças a ele, Os Miseráveis encontrou sua voz inglesa — Herbie abraçou nossa versão e a transformou em uma obra que fala para o resto do mundo”, escreveram.

Kretzmer nasceu em 5 de outubro de 1925, na África do Sul, e começou a carreira como jornalista, escrevendo sobre cinema em um jornal semanal. Em 1954, ele se mudou para Londres, onde, além de jornalista, também começou a trabalhar como compositor. Em 1960, ele entrou para o jornal London Daily Express, onde se tornou crítico de teatro, cargo que ocupou por 18 anos. Entre 1979 e 1987, escreveu críticas de televisão para o Daily Mail.

Com o francês Charles Aznavour, ele compôs um de seus maiores sucessos, a canção She, de 1974, que ganhou notoriedade mundial em 1999, ao ser interpretada por Elvis Costello, na trilha sonora do filme Um Lugar Chamado Notting Hill. Com Aznavour ele também compôs a música Yesterday When I Was Young.

Foi a partir das letras em inglês do musical Os Miseráveis, que as canções foram traduzidas para outros 22 idiomas e apresentadas em peças em todo o mundo. Kretzmer também foi creditado como letrista das músicas da adaptação cinematográfica da peça, em 2012, com Anne Hathaway e Hugh Jackman, que levou três estatuetas no Oscar, de melhor atriz coadjuvante, melhor mixagem de som e melhor maquiagem.

 

Continua após a publicidade
Publicidade