Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

George Clooney não liga para boatos de que seria gay

'Acho engraçado', afirmou o ator em entrevista para a revista 'The Advocate'

Por Da Redação 1 mar 2012, 05h47

Em entrevista a revista americana The Advocate, voltada para o público homossexual, George Clooney explicou por que nunca se preocupou em desmentir os boatos de que seria gay. “Eu acho engraçado”, afirmou o ator de 50 anos. “Mas a última coisa que você me verá fazer é sair por aí dizendo: ‘São mentiras!'”, avisou.

Para Clooney, tratar o assunto dessa forma seria uma ofensa para seus amigos gays. “Eu não vou deixar ninguém fazer parecer que ser gay é uma coisa ruim”, disse o galã, que compareceu ao Oscar no último domingo acompanhado pela namorada, a modelo Stacy Keibler, de 32 anos.

“Minha vida particular é particular, e eu estou feliz assim. Há quem incomoda se alguém pensar que sou gay?”, questionou Clooney, um defensor de longa data do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

O ator foi casado por quatro anos com a atriz Talia Balsam e se separou em 1993. Desde então, tem evitado relacionamentos longos e acabou virando o solteirão mais famoso – e cobiçado – de Hollywood.

Continua após a publicidade
Publicidade