Clique e assine a partir de 9,90/mês

‘Game of Thrones’: Lena Headey queria morte melhor para Cersei

Atriz conta que gostaria de falar para os criadores da série como se sentiu em relação ao desfecho, um tanto anticlimático, de sua personagem

Por Redação - Atualizado em 18 jun 2019, 08h45 - Publicado em 17 jun 2019, 12h37

(Atenção: este texto contém spoilers da última temporada de Game of Thrones)

O fim de Game of Thrones desagradou uma grande parte do público, e muitas pessoas se pronunciaram na internet sobre não terem gostado do desfecho de alguns personagens. Agora é a vez de a atriz Lena Headey falar sobre a morte, um tanto anticlimática, de Cersei Lannister, a rainha inescrupulosa a quem ela dava vida. “Eu queria uma morte melhor”, afirmou em entrevista ao jornal britânico The Guardian.

Isso é o que ela gostaria de falar para os criadores da série, David Benioff e Dan Weiss, numa possível reunião em que saísse para beber com eles, algo que ainda não aconteceu. “Eu investi na série como telespectadora e tenho meus personagens favoritos. E tenho também minhas próprias queixas. Mas ainda não sentei para beber com David e Dan.”

No penúltimo episódio, Cersei e seu irmão e amante Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) estão tentando fugir da Fortaleza Vermelha enquanto Daenerys Targaryen (Emilia Clarke) destrói a cidade de Porto Real com o fogo de seu dragão, mas os dois acabam soterrados pelos destroços do castelo. “Obviamente, você sonha com sua morte”, disse a atriz. “E dava para fazer de várias formas naquela série. Então eu fiquei meio desapontada.”

Continua após a publicidade

Headey ainda conta que mantém contato com os ex-colegas de trabalho, a quem ela chama de “Throners”, em um grande grupo no WhatsApp. “É hilário. Por lá, dá para dizer quem anda bebendo.” A atriz não tem tido dificuldades em superar o fim da série, como ela própria afirma: “Foi maravilhoso. Mas as coisas acabam e você segue em frente”.

Publicidade