Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Filme sobre caçada a Bin Laden ganha prêmio nos EUA

'A Hora Mais Escura', de Kathryn Bigelow, foi considerado melhor longa do ano pela National Board of Review, composta por cinéfilos, críticos e cineastas

Por Da Redação 5 dez 2012, 20h10

A Hora Mais Escura, da cineasta americana Katheryn Bigelow, levou o prêmio de melhor filme do ano pela National Board of Review, organização formada por cinéfilos, críticos e cineastas nos Estados Unidos e considerado um dos mais importantes da temporada pré-Oscar. Além desse troféu, o longa conquistou ainda outros dois, o de direção e de atriz, para Jessica Chastain (de A Árvore da Vida e Histórias Cruzadas).

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Trailer de filme sobre Bin Laden reabre debate político

O filme, que estreia no Brasil em janeiro, conta a história da caçada pelo terrorista Osama bin Laden, que foi capturado e morto pelo governo dos Estados Unidos no ano passado. A história por trás do longa carrega certa controvérsia. Há quem diga que Kathryn e os produtores tiveram acesso a documentos confidenciais, embora eles neguem.

Na última segunda-feira, o longa já havia conquistado o título de melhor filme pela Associação de Críticos Cinematográficos de Nova York. Os recentes êxitos só confirmam seu favoritismo no Oscar do ano que vem. Não seria a primeira vez que Kathryn seria premiada pela Academia de Hollywood — em 2010, ela se tornou a primeira mulher a vencer na categoria de direção, por Guerra ao Terror, que também levou o troféu de melhor filme.

A premiação consagrou ainda a atuação de Bradley Cooper (de Se Beber, Não Case) no filme O Lado Bom da Vida, de David O. Russell, que deve estrear no Brasil em fevereiro. Já o prêmio de ator coadjuvante foi para Leonardo DiCaprio, em Django Livre, de Quentin Tarantino, com estreia prevista para janeiro. O de atriz coadjuvante foi para Ann Dowd, de Compliance, de Craig Zobel, ainda sem data de estreia no Brasil.

Já na categoria roteiro original, o eleito foi o diretor Rian Johnson, que dirigiu e escreveu o roteiro de Looper – Assassinos do Futuro. Para roteiro adaptado, venceu novamente o filme O Lado Bom da Vida, que também teve roteiro escrito pelo diretor, David O. Russell. Na categoria animação, a organização premiou Detona Ralph.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês