Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Filme ‘Aquarius’, do brasileiro Kleber Mendonça Filho, concorre em Cannes

Longa que compete pela Palma de Ouro é estrelado pro Sônia Braga , Humberto Carrão e Irandhir Santos

Por Da Redação 14 abr 2016, 10h24

O filme Aquarius, do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho, representará o cinema brasileiro no Festival de Cannes neste ano. De acordo com o anúncio, feito nesta quinta-feira, do delegado geral da competição, Thierry Frémaux, a produção concorrerá pela Palma de Ouro. Este é o primeiro longa nacional selecionado no festival desde 2011, ano em que Trabalhar Cansa foi selecionado na mostra Um Certo Olhar. O Brasil levou a Palma de Ouro apenas uma vez na história, em 1962, com O Pagador de Promessas.

LEIA TAMBÉM:

Curta brasileiro concorre à Palma de Ouro em Cannes

Filme de Woody Allen abrirá o 69º Festival de Cannes

Aquarius é estrelado por Sônia Braga, Humberto Carrão e Irandhir Santos. O filme conta a história de uma viúva que vive em Recife, rodeada de livros e registros, e tem o poder de viajar através do tempo. Esta é a primeira vez que Kleber Mendonça Filho participa da competição principal do festival. O diretor, de 48 anos, já obteve grande repercussão internacional com O Som ao Redor (2012), premiado em múltiplos festivais.

Além de Aquarius, o Brasil disputa este ano outra Palma de Ouro, na categoria de melhor curta-metragem, com A Moça que Dançou com o Diabo, do paulista João Paulo Miranda Maria, escolhido entre mais de 5 mil inscritos.

Outro filme também representará o cinema latino-americano em Cannes. Trata-se do longa argentino A Longa Noite de Francisco Sanctis, que participará da seção Um Certo Olhar, reservada a obras alternativas. No entanto, uma das cinematografias melhor representadas em Cannes nos últimos anos, a mexicana, estará ausente da seleção oficial. Frémaux explicou que o último filme do diretor Amat Escalante “ainda não estava preparado”, embora tenha lembrado que o cinema mexicano “está muito mal acostumado em Cannes, e não só em Cannes, porque um diretor mexicano ganhou o Oscar neste ano de melhor diretor”, em referência a Alejandro González Iñárritu, por O Regresso.

O 69º Festival de Cannes acontece de 11 a 22 de maio de 2016, na França. O filme Café Society, do diretor Woody Allen, foi o escolhido para abrir a nova edição do festival.

(Da redação com agências EFE e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês