Clique e assine a partir de 8,90/mês

Filhos de Michael Jackson querem depor no júri de médico

Conrad Murray, médico do cantor, responde por homicídio pela morte do astro

Por Da Redação - 26 set 2011, 10h45

Os dois filhos mais velhos do cantor Michael Jackson, Prince Michael e Paris, querem prestar depoimento no julgamento do médico Conrad Murray, acusado de homicídio culposo pela morte do rei do pop, em 2009. As crianças teriam pedido à avó Catherine para que lhes deixassem contar ao juiz tudo que viram na noite em que o pai morreu. Catherine estaria receosa em permitir que Paris e Prince Michael participem do julgamento, visto a carga emocional da situação, segundo o site Radar Online.

LaToya Jackson, irmã de Michael, por sua vez, apoia a decisão dos sobrinhos em testemunhar contra Conrad Murray, médico pessoal do cantor.

Está prevista para esta segunda a apresentação inicial das alegações da defesa e acusação do caso. Se condenado, o médico poderá ser setenciado a até quatro anos de prisão por ter aplicado uma dose letal do analgésico propofol no corpo do cantor. A injeção é apontada como a causa da morte de Michael Jackson.

Publicidade