Clique e assine a partir de 8,90/mês

Filho de Richard Dreyfuss relata assédio sexual de Kevin Spacey

Harry Dreyfuss contou que o ator passou a mão em suas coxas diversas vezes em uma visita junto com o pai em 2008

Por Da redação - Atualizado em 5 nov 2017, 19h05 - Publicado em 5 nov 2017, 18h55

O filho do ator Richard Dreyfuss relatou, pela primeira vez, um caso de assédio contra Kevin Spacey. Harry Dreyfuss disse que o caso que aconteceu em 2008, quando tinha 18 anos e o pai atuava na peça Complicit, que era dirigida por Spacey.

Em uma carta aberta publicada no site Buzzfeed, o filho do ator contou que foi ao apartamento de Kevin Spacey junto com o pai que ensaiaria falas do roteiro, quando Spacey colocou uma mão em sua coxa. Apesar de estar no mesmo cômodo, Richard não notou o que o diretor estava fazendo com o filho. “Nunca me ocorreu que Kevin estaria interessado em mim. Ele era um homem adulto, meu herói e o chefe do meu pai. Nenhuma dessas categorias entravam no meu radar de interações sexuais”, afirmou Harry.

O jovem tentou mudar de lugar duas vezes, para escapar das mãos de Spacey, mas o ator o seguia e colocava a mão na coxa de Harry novamente. “Kevin arrastou sua mão da minha coxa para entre as minhas pernas. Levantei meu rosto e olhei para ele. Tentei adverti-lo, sem alertar o meu pai. Pensei que estava protegendo a carreira do meu pai e a mim mesmo, porque pensei que gostaria de trabalhar com Kevin algum dia”, afirmou.

Harry explicou que não se lembra de quanto tempo Spacey ficou com a mão sobre o seu corpo e só foi perceber da gravidade da situação, após comentar com amigos que o alertaram sobre casos de assédio sexual. Neste domingo, Richard Dreyfuss fez um tuíte afirmando que ama o filho e está “incrivelmente orgulhoso dele agora”. 

Kevin Spacey foi acusado na última semana de assédio pelo ator Anthony Rapp em 1986. Rapp tinha apenas 14 anos na época. O ator mexicano Roberto Cavazos e o produtor Tony Montana também somaram novas acusações. O ator foi cortado da série House of Cards e a Netflix afirmou, na última quinta-feira, que oito ex-funcionários, que não foram identificados, também fizeram acusações contra Spacey.

Continua após a publicidade
Publicidade