Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Figurinista rejeita ação contra Mayer e polícia encerra o caso

Su Tonani opta por concluir a história sem levar o ator à Justiça; ele poderia ser preso por assédio sexual

Por Da redação Atualizado em 5 Maio 2017, 15h21 - Publicado em 28 abr 2017, 11h43

Susllem Tonani, a figurinista vítima de assédio sexual pelo galã José Mayer nos estúdios da Rede Globo, rejeitou levar o caso à Justiça. Su Tonani, como é chamada no meio televisivo, ficou conhecida depois de publicar uma denúncia contra o ator em um blog, no final de março. Mayer a princípio negou ter agido mal, mas depois, em uma carta aberta, fez um mea-culpa atribuindo suas atitudes à cultura de sua geração. O ator tem 67 anos. Apesar da carta de Mayer e da decisão da Globo de afastá-lo temporariamente das novelas, a figurinista poderia prestar queixa em uma delegacia e dar início a um processo criminal, ao fim do qual Mayer poderia ser condenado a até 2 anos de prisão.

Nesta semana, contudo, Su Tonani decidiu dar um ponto final à história. “Em 26 de abril, Susllem Meneguzzi Tonani compareceu à Defensoria Pública e declarou não desejar representar criminalmente contra o ator, ficando assim encerrado o procedimento”, diz nota enviada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro a VEJA.

Como explicou a VEJA o delegado Rodolfo Waldeck, responsável pelo caso, inquéritos sobre assédio e abuso só correm à revelia da vítima quando ela é menor de 14 anos.

Afastado da TV, o ator está recolhido com a família. Em entrevista a um jornal carioca, sua mulher, a atriz e diretora Vera Fajardo, saiu em seu apoio, dizendo que o casal está “mais junto do que nunca”. Sua filha, a também atriz Julia Fajardo, recentemente apagou seu perfil no Instagram, onde recebia diversos comentários críticos ao pai.

Continua após a publicidade

 

 

 

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)