Clique e assine a partir de 8,90/mês

Fica em casa: Série romântica a clássicos da comédia são dicas da semana

Produção nacional açucarada e livros em promoção estão entre boas opções de lazer para o fim de semana

Por Raquel Carneiro, Amanda Capuano - 24 abr 2020, 10h30

São muitas as opções para se entreter em mais um fim de semana de quarentena em casa. A equipe da editoria de Cultura de VEJA tem feito, semanalmente, um apanhado de dicas para ajudar na sobrevivência dos confinados sem dramas. Abaixo, confira dicas que prometem agradar diferentes gostos:

Série romântica, para suspirar e cantarolar músicas da MPB

Saudade de ver uma boa novela inédita, né minha filha? Todas as Mulheres do Mundo, nova minissérie do Globoplay, pode ajudar a matar um pouco a saudade de um romance à la Brasil. Na trama, Paulo (Emilio Dantas) é um homem que ama as mulheres — até demais. A cada episódio, ele vai se apaixonar e se entregar intensamente à personagens fortes e independentes, ao som de uma trilha sonora rica em MPB e o cenário paradisíaco do Rio de Janeiro. O programa é inspirado na obra de Domingos Oliveira, diretor morto em março de 2019, que sempre colocou mulheres no protagonismo de sua obra: é dele o filme de mesmo nome da minissérie, lançado em 1966, e a popular série Confissões de Adolescentes, co-escrita por ele em parceria com a filha, Maria Mariana.

Bons livros com desconto

A editora Todavia está com uma promoção de e-books até a segunda-feira, 27. Dez títulos de seu catálogo saem por 9,90 cada. Diversificada, a lista agrada a todos os gostos. Os Fantasmas Inquilinos, do escritor português Daniel Jonas, é uma boa pedida para que gosta de poesia. Na prosa, o romance Também os Brancos Sabem Dançar, do angolano Kalaf Epalanga, é uma narrativa sensível que usa música para discutir identidade. Para quem prefere a não-ficção, a dica é a biografia de Jorge Amado, escrita por Joselia Aguiar. Confira a lista completa.

Mais livros:
De Elis a Getúlio: 5 biografias para se debruçar na quarentena
‘Notre-Dame’: Ken Follett presta homenagem à catedral parisiense
Box com novelas de Tolstói prova o vigor inesgotável do autor russo

Continua após a publicidade

 

Clássicos da comédia

//Divulgação

Friends, How I Met Your Mother, Todo Mundo Odeia o Chris… dificilmente você, leitor, nunca assistiu a pelo menos uma dessas séries — ou a defende com unhas e dentes. Em tempos de crise, rever um bom clássico que provoca risos descompromissados é uma boa pedida. Ou quem sabe dar uma chance a outras sitcoms de formato parecido, que também fizeram muito sucesso.

O Prime Video, da Amazon, tem opções saborosas de velharias da comédia, anote aí: Two and a Half Men, besteirol masculino protagonizado por Charlie Sheen; The Office, versão americana do hit inglês sobre um escritório bizarro; Parks and Recreation, que transforma burocracia em gargalhadas; e Um Maluco no Pedaço, inesquecível série com um jovem Will Smith. A plataforma também tem How I Met Your Mother e, olha só, diversos episódios de Chaves e de outras esquetes do grupo mexicano, agrupadas no programa Chespirito.

No Globoplay estão: The Big Bang Theory, Modern Family, Todo Mundo Odeia o Chris, e a nacional Os Normais. Na Netflix você encontra títulos como That ’70s Show, Três É Demais, a queridinha Friends e Community, sobre um advogado com diploma falso que precisa voltar à faculdade.

Prefere séries mais dramáticas?
Minissérie da HBO mostra realidade paralela em que fascista é eleito presidente dos EUA
Em “The Outsider”, de Stephen King, o medo vem aos poucos – mas vem
“Nada Ortodoxa” e “Shtisel”: a vida entre os ultra-religiosos

Continua após a publicidade
Publicidade