Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Festival de Berlim: em ‘Genius’, Colin Firth e Jude Law brilham

Filme de estreia do diretor teatral Michael Grandage fala do relacionamento entre o editor Maxwell Perkins e o escritor Thomas Wolfe

Por Mariane Morisawa, de Berlim 16 fev 2016, 15h22

Genius, estreia no cinema do conceituado diretor teatral Michael Grandage, injetou uma bem-vinda dose de caras conhecidas na competição do 66º Festival de Berlim nesta terça-feira (16), até então carente de celebridades. Colin Firth, Jude Law, Nicole Kidman e Laura Linney estão no elenco.

Firth é Maxwell Perkins, um editor de livros na Nova York da década de 20, que trabalha com autores como F. Scott Fitzgerald e Ernest Hemingway. Ele fica fascinado com o caótico manuscrito de Thomas Wolfe (Jude Law), exuberante na escrita e no modo de ser. Depois de algum trabalho, o editor consegue fazê-lo focar no mais importante. Assim é lançado o primeiro romance do autor nascido na Carolina do Sul, o semiautobiográfico Look Homeward, Angel.

Leia também:

Festival de Berlim celebra a poesia e discute o aborto

‘Midnight Special’ fracassa na tentativa de ser Steven Spielberg

Sob aplausos, Anna Muylaert apresenta novo filme em Berlim

Homem de família, pai de cinco meninas, Perkins meio que vê um filho em Wolfe, que por sua vez enxerga um pai em seu editor. Ainda assim, é uma amizade complicada. A mulher de Perkins (Laura Linney) e a companheira de Wolfe (Nicole Kidman) acham o relacionamento um pouco excessivo. Grandage é econômico e trabalha principalmente para fazer os atores brilharem. E Firth, Law e Linney realmente brilham. Já Nicole Kidman é a mais fraca do elenco, no papel da bem-sucedida diretora de arte que abandonou o marido e os filhos para ficar com Thomas Wolfe e se ressente de não ter formado uma família com ele.

Continua após a publicidade

Publicidade