Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Festival de Berlim apaga gêneros em prêmios para atores e atrizes

Categorias de atuação não serão mais divididas entre homens e mulheres, ambos concorrerão a uma única estatueta para papel principal e para coadjuvante

Por Amanda Capuano Atualizado em 24 ago 2020, 19h06 - Publicado em 24 ago 2020, 18h52

Os organizadores do Festival de Cinema de Berlim anunciaram nesta segunda-feira 24 uma mudança inesperada na premiação: a partir de 2021, os prêmios de atuação passarão a ter gênero neutro. Ao invés dos tradicionais ursos de prata para Melhor Ator e Melhor Atriz, homens e mulheres concorrerão juntos pelas estatuetas de melhor performance principal e melhor performance secundária. Com isso, o evento alemão é o primeiro no circuito dos grandes festivais a mudar suas políticas de gênero.

Um dos mais badalados festivais de cinema do mundo, o Berlinale, como é carinhosamente conhecido, aclamava atores e atrizes com estatuetas distintas desde 1956. Nas categorias principais do ofício, os últimos vencedores foram o italiano Elio Germano, por Hidden Away, e a alemã Paula Beer, por Undine. Em comunicado oficial, Mariette Rissenbeek e Carlo Chatrian, diretores do evento, justificaram a mudança apoiados na crença de que “não separar os prêmios por gênero representa um passo em direção a uma maior sensibilidade e consciência de gênero na indústria cinematográfica.”

Além da mudança nas categorias, os diretores confirmaram ainda que a 71ª edição do evento está mantida para o período entre 11 e 21 de fevereiro, e acontecerá de maneira presencial. “Festivais são lugares de encontro e comunicação. Durante a pandemia de coronavírus, ficou ainda mais claro que precisamos de espaços para experiências analógicas no meio cultural. Nós estamos satisfeitos em ver que os festivais com audiências físicas estão voltando aos poucos ao redor do mundo e desejamos muito sucesso aos nossos colegas”. Já a European Film Market, a feira cinematográfica que acontece junto ao festival, combinará atrações presenciais com recursos à distância.

  • Publicidade