Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fátima Bernardes não aceita que filhos chamem madrasta de ‘mãe’

Apresentadora ainda reforçou: 'Eu quis tanto ser mãe. Não divido esse título assim, não'

Por Estadão Conteúdo 1 out 2018, 14h51

A apresentadora Fátima Bernardes revelou que não aceitaria que seus filhos chamassem a mulher de seu ex-marido de “mãe”. Durante o Encontro com Fátima Bernardes desta segunda-feira, 1º, Fátima recebeu o psiquiatra Jairo Bouer, que indicou as melhores formas de responder perguntas consideradas difíceis por parte dos filhos, entre elas, “Posso chamar a namorada do papai de mãe?”.

Fátima deu sua opinião: “Eu não conseguiria dizer que pode chamar de ‘mãe’. Acho que ia mais pro lado de: ‘Olha, a mamãe é mãe, assim como o papai vai ser sempre o seu papai, a gente separado ou não'”, disse. “Então nunca você vai ter um outro papai aqui e nem uma outra mamãe lá, mas você pode ter um tio, um amigo, aqui, e um outro lá”, complementou.

  • A apresentadora ainda justificou sua visão: “Eu quis tanto ser mãe, já pensou se uma criança depois vira e não me chama… Ah não, não divido esse título assim, não!” Para finalizar, a apresentadora reforçou que sua opinião está relacionada à crianças. “Mas óbvio, se fosse uma criança pequena, quanto mais tem essa relação com o outro lado eu acho incrível”, ponderou.

    Fátima separou-se de William Bonner em 2016, com quem tem trigêmeos, atualmente com 20 anos de idade. Em setembro de 2018, Bonner casou-se novamente.

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade