Clique e assine com até 92% de desconto

Estilista Tommy Hilfiger sai em defesa de Melania Trump

Preferida de Michelle Obama já decretou que não irá fazer roupas para futura primeira-dama dos Estados Unidos

Por Da redação Atualizado em 30 nov 2016, 10h16 - Publicado em 30 nov 2016, 09h17

Depois de Sophie Theallet, a estilista queridinha de Michelle Obama, anunciar que não vai trabalhar com Melania Trump em uma carta no Twitter, devido às questões preconceituosas e sexistas que rondam o governo de Donald Trump, Tommy Hilfiger saiu em defesa (e elogio) da futura primeira-dama. Sophie Theallet também conclamou os colegas a virar a costas ao governo de Donald Trump.

  • Ao site americano Women’s Wear Daily, o estilista declarou que ficaria honrado em ver suas peças na futura primeira-dama dos Estados Unidos. “Eu acho que Melania é uma mulher muito bonita e qualquer designer deve se orgulhar em vesti-la.”

    Tommy também diz que as pessoas não devem tornar isso algo político. “Todos estavam muito felizes em vestir Michelle. Eu tenho uma visão estética, é sobre beleza.”

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade