Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Entre gritos de ‘boy magia’, Chris Pratt faz evento para fãs em SP

Ator falou sobre colegas de 'Vingadores: Guerra Infinita', soltou frases em português e apresentou 20 minutos do filme

Por Raquel Carneiro 5 abr 2018, 10h27

Para uma plateia com cerca de 800 pessoas, entre fãs e jornalistas, Chris Pratt esbanjou sorrisos e frases prontas em português (como “oi, galera”) no evento organizado pela Marvel no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo, na noite desta quarta-feira. O ator falou, sem spoilers, sobre Vingadores: Guerra Infinita, nova super-reunião dos heróis do estúdio e apresentou vinte minutos do filme para os presentes, que assistiram ao trecho entre muitos gritos de emoção.

Antes, o próprio ator ouviu vários elogios da plateia, “ícone” e “boy magia” foram alguns dos adjetivos destinados ao intérprete de Peter Quill, o Senhor das Estrelas, líder da patota Guardiões da Galáxia. “Quando lançamos nosso primeiro filmes, ouvia perguntas sobre como os Guardiões um dia se conectariam com os Vingadores. Eu sabia que isso aconteceria quando fosse necessário”, pontua, lembrando que o grande vilão do momento é Thanos, apresentado inicialmente em Guardiões da Galáxia.

  • Pratt aproveitou para elogiar alguns dos colegas de elenco, especialmente Chris Hemsworth (Thor) e Tom Holland (Homem-Aranha). “Tom teve que lidar com a pressão de entrar em um personagem muito popular que outros já tinham vivido antes, e ele conseguiu”, disse sobre o novo dono do figurino do Homem-Aranha. “E Chris é um cara que poderia ser um idiota. Afinal, ele é alto, musculoso, bonitão, tem aquele cabelo lindo, mas ele é ótimo, fácil de trabalhar. Deixou todo mundo feliz e confortável”, ressaltou sobre o intérprete do deus nórdico.

    Por fim, o ator fez uma introdução para a apresentação de 20 minutos do filme, que estreia em 26 de abril. VEJA assistiu ao trecho e só pode dizer que Vingadores: Guerra Infinita parece melhor que o esperado.

    Continua após a publicidade
    Publicidade