Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Empresa processada por Patricia Poeta irá recorrer

Nutreo, responsável pelo produto Cactinea, alega que nunca usou a imagem da jornalista

Por Da Redação Atualizado em 23 ago 2017, 17h52 - Publicado em 23 ago 2017, 17h42

O juiz Mauro Nicolau Júnior, da 48ª Vara Cível do Rio de Janeiro, decidiu nesta terça-feira que a Nutreo Comércio de Produtos Homeopáticos deverá pagar uma indenização de 30 000 reais à jornalista Patricia Poeta. O caso foi aberto pela apresentadora por uso indevido de imagem.

A companhia responsável pelo produto Cactinea, vendido como emagrecedor, informou em nota que irá recorrer da sentença. “A empresa informa que é tão vítima quanto a autora, pois seus produtos são largamente falsificados por farmácias de manipulação, inclusive as quais mantêm blogs de ‘emagrecimento’ com matérias falsas do produto. Fato este sumariamente ignorado pelo nobre Juiz”.

“A decisão desconsiderou totalmente as provas que enviamos de que não temos nada a ver com nenhuma associação com a imagem da Patricia Poeta”, relatou Andréa Godoy, administradora do departamento de marketing da Nutreo, a VEJA. “Se você procurar agora no Google por Cactínea vai encontrar diversas imagens que não são da empresa, porque outros sites usam a nossa marca”, completou Andréa, informando também que a palavra cactinea é registrada pela Nutreo.

Em julho, a página do produto no Facebook compartilhou uma matéria da revista Marie Claire com Juliana Paes, a Bibi de A Força do Querer. No texto, os suplementos usados pela atriz foram revelados pela médica Heloisa Rocha — entre eles, aparece a cactinea. Procurada, a assessoria da global informou que Juliana nunca fez uso do medicamento. A mistura de confusão e aproveitamento publicitário acontece porque a Nutreo considera que o nome de sua própria marca foi citado na matéria por ter sido registrada, quando, muitas vezes, a palavra cactínea é usada apenas para falar do composto emagrecedor.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)