Clique e assine a partir de 9,90/mês

Em vídeo, Xuxa diz ter duas cachorras, Mara e Angélica

Ao responder um espectador em seu antigo programa argentino, apresentadora cutuca as antigas rivais. Hoje, ela diz no Facebook que só batiza seus bichos com nomes de gente de que gosta

Por Da Redação - 10 jul 2015, 16h12

Em mais em episódio da série meu passado me condena, Xuxa circula nas redes sociais em um vídeo, feito de imagens dos anos 1990, em que ela afirma ter duas cadelas: uma morena, batizada de Mara, e outra loira, que se chamaria Angélica. O vídeo é um trecho do programa El Show de Xuxa, que foi ao ar entre 1990 e 1993 na rede de televisão argentina Telefe.

LEIA TAMBÉM:

Xuxa exibe corpão de biquíni – e plantando bananeira

Mara Maravilha protagoniza o 1º vídeo-vergonha do ano

A repercussão do vídeo na internet levou Xuxa a se pronunciar no Facebook, nesta sexta-feira. Além de publicar uma foto com sua atual dupla de cachorros, Antônio Meneghel e Frederico ou “Fred e Tonny”, ela respondeu a uma fã, no mesmo post, dizendo que só batiza seus animais com nomes de pessoas de quem gosta. “Gente, eu soh coloco o nome de quem eu gosto, o Dudu eh em homenagem ao meu avô…”, diz, para em seguida prometer repetir o batismo feito nos anos 1990. “Pode deixar, se eu tiver uma cachorrinha linda, loira (branquinha) e com uma pintinha linda, colocarei Angel em homenagem a Angélica e, se eu tiver outra linda, baiana, moreninha (mais escurinha), colocarei Mara. Mas têm que ser lindas… Mais uma vez, nunca colocarei nomes de pessoas que não gosto…tah?”

Para os usuários das redes sociais, que se divertem compartilhando o vídeo, a declaração dada por Xuxa na Argentina não passaria de uma provocação, já que, nos anos 1980 e início dos 1990, Angélica e Mara eram as suas grandes rivias na televisão. Na época, os programas de auditório infantis tinham grande peso na programação das emissoras abertas. Xuxa comandava o Xou da Xuxa, na Globo. Mara era do SBT e Angélica, da TV Manchete, por onde lançou o hit Vou de Táxi.

Continua após a publicidade
Publicidade