Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Em nova fase, ‘Malhação’ atira para todos os lados

Nova temporada da novela juvenil da Globo estreia nesta segunda com tema místico, de interesse amplo, para abraçar o público heterogêneo do horário

Por Mariana Zylberkan 29 ago 2011, 08h20

A nova fase de Malhação que vai ao ar nesta segunda, a partir das 17h30, pela Rede Globo, vai mirar além de seu habitual foco adolescente. Temas como o exercício da intuição, o mistério e a interpretação de sonhos vão dar o tom da novelinha, que desde o início, em 1995, girava em torno de romances juvenis, descobertas do amor e amizades conturbadas, para descontentamento das milhares de donas-de-casa que, segundo levantamento recente encomendado pela Globo, ficam ligadas na TV no horário.

A aposta na autoajuda é a maneira de agradar a essa parcela madura do público sem abrir mão daquele que é o alvo original da novela-série. Como já provaram as listas de livros mais vendidos, títulos relacionados a auto-reflexão costumam ser de interesse comum a um grande número de leitores, velhos e novos. Aos 16 anos, a novelinha busca se adequar ao perfil da audiência, tão heterogêneo quanto as sinopses das últimas temporadas. No ano passado, diante da queda na audiência – Malhação ID não atingiu a meta dos 20 pontos de média estipulada para o horário -, a direção inseriu temas controversos na trama, como o vício em crack e o bullying.

Oficialmente, a autora da trama, Ingrid Zavarezzi, nega a estratégia, afirmando que o jovem também tem interesse por temas esotéricos. “É apenas mais uma temporada de Malhação. Os jovens hoje vivem com celular à mão, por isso a trama irá inspirá-los a se conectar de outras formas, a estabelecer conexão com seus sonhos e seu ‘eu’ interior”, despista. “O que garante audiência é história bem contada, não importa se o público é jovem ou não. O que prende o telespectador, em qualquer época, é um enredo de qualidade.”

A autora de 'Malhação', Ingrid Zavarezzi entre os atores Caio Paduan e  Pierre Baitelli
A autora de ‘Malhação’, Ingrid Zavarezzi entre os atores Caio Paduan e Pierre Baitelli VEJA

O clima de mistério começa quando o jovem Gabriel (Caio Paduan) passa a investigar os relatos escritos por leitores em seu blog Além da Intuição. Seus sonhos se tornam estranhos e, em todos eles, aparece o intrigante número 1046. O misticismo domina de vez o programa quando Gabriel descobre que compartilha estranhas visões durante o sono com Alexia (Bia Arantes), garota que habitou o quarto que ele passou a ocupar depois de se mudar para o Rio de Janeiro para estudar história – outro indício de que a trama amadurece: Gabriel é estudante universitário.

A sinopse faz dessa Malhação algo completamente diferente da novela que propunha um clima de frescor à abertura da faixa de dramaturgia da Globo, capitaneada por uma turma de adolescentes lindos e sarados. Para manter a conexão com o público jovem, a direção aposta no cruzamento entre dramaturgia e redes sociais.

A autora Ingrid Zavarezzi conta que doze personagens terão perfis reais no Twitter, em que irão relatar momentos de seu dia, como se fossem pessoas reais. “Os perfis vão ser atualizados o tempo todo. Lá, eles vão dizer que estão indo ao colégio, presos no trânsito e até mesmo sofrendo de gripe. É uma espécie de ao vivo virtual dos personagens.”

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)