Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ed Sheeran ganha exposição na Inglaterra com itens de arquivo pessoal

Além de uma carta dizendo que o músico foi reprovado em uma academia de artes, estão na amostra pinturas, fotografias e até bonecos usados em clipes

Por Redação Atualizado em 22 ago 2019, 11h48 - Publicado em 21 ago 2019, 16h45

O cantor Ed Sheeran não obteve nota suficiente para ser aprovado pela Academia de Música Contemporânea na cidade de Guildford, na Inglaterra, em 2009, segundo uma carta da própria escola que era mantida de forma privada e agora, com outros itens de uma coleção particular do cantor, está em uma exposição especial que traz um pouco de sua história. O pai do cantor e curador da exposição, John Sheeran, explicou, em um livro exposto na mostra, que seu filho “ficou desiludido com o curso três semanas após o início”.

Quem visitar o espaço poderá ver algumas fotos da infância do cantor e ter acesso a itens pessoais do artista, como seus primeiros instrumentos musicais e cartazes de sua apresentação de estreia. A cabeça de panda usada por Ed Sheeran no clipe “I Don’t Care” e o boneco criado por Steve Troop e BJ Guyer e usado nos vídeos das músicas “Sing” e “Happier” também estão na mostra.

  • Obras feitas pelo pintor irlandês Colin Davidson, que visitou a casa do cantor em 2015, também fazem parte da exposição. Assim como uma seleção de fotografias feitas por Mark Surridge, que acompanha Ed Sheeran desde o início da carreira, em 2011. A “Ed Sheeran: Made in Suffolk” foi aberta nesta terça-feira (20), em Ipswich, na Inglaterra, e fica à disposição do público até maio de 2020.

    Publicidade