Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Fãs pedem e cantores internacionais aderem a campanha contra Bolsonaro

Movimento #EleNão conta com apoio de artistas como Dua Lipa, Diplo, Nicole Scherzinger e Lauren Jauregui, do Fifth Harmony

Por Redação Atualizado em 22 set 2018, 15h42 - Publicado em 22 set 2018, 15h40

Anitta não é a única estrela do pop que está sendo pressionada pelos fãs a aderir à campanha #EleNão, contra o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Nos últimos dias, as caixas de comentários do Instagram de cantores internacionais foram inundadas com mensagens de brasileiros pedindo que elas se posicionassem contra o presidenciável, que lidera a disputa, segundo as últimas pesquisas eleitorais.

Os últimos a aderirem à campanha foram a cantora americana Nicole Scherzinger, que era vocalista do grupo The Pussycat Dolls, e o DJ e produtor musical americano Diplo, que trabalhou com as brasileiras Anitta e Pabllo Vittar na música Sua Cara, lançada no ano passado. “Para todos os meus fãs no Brasil: mando muito amor. Briguem por igualdade, respeito e amor. Votem na próxima eleição presidencial para serem ouvidos”, escreveu Nicole no Twitter.

A cantora inglesa Dua Lipa — cujo hit, New Rules, passou 41 semanas no topo do ranking das músicas mais ouvidas da Billboard — também apoiou o movimento, assim como Lauren Jauregui, do grupo Fifth Harmony.

 

Reprodução/Instagram

As redes de outras estrelas do pop, como Katy Perry e Lady Gaga, também foram tomadas por fãs pedindo apoio ao movimento. Por enquanto, elas não se manifestaram sobre o assunto.

  • No perfil de Anitta, que continua sofrendo críticas de seguidores por não aderir à campanha, críticos, fãs e celebridades se manifestaram. Entre eles o blogueiro Perez Hilton, que comentou em uma publicação da cantora dizendo que “todo esse drama” fez com que ele desejasse falar português para entender o que está acontecendo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade