Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Droga que seria usada por Justin Bieber sairá do mercado

Segundo o site TMZ, o xarope utilizado como base para fazer a droga sizzurp, que causa euforia, não será mais fabricado e vendido por empresa farmacêutica

Por Da Redação 23 abr 2014, 13h19

A droga sizzurp, mistura de altas doses de xarope contra tosse com refrigerantes e balas que ficou conhecida por supostamente ser consumida por Justin Bieber, pode estar com dias contados no mercado. Segundo o site TMZ, a empresa farmacêutica Actavis, responsável pelos remédios usados para fazer a droga, vai encerrar a produção e a venda do medicamento. Os ingredientes ativos dos xaropes usados para fazer a beberagem são a codeína e a prometazina, que causam euforia e provocam vício.

Leia também:

Sizzurp, a droga em que Justin Bieber estaria ligado

Sizzurp, a droga de Bieber, já chegou ao Brasil

Em primeira música pós-prisão, Bieber se diz inabalável

De acordo com a publicação, a decisão foi tomada por causa da publicidade negativa que o xarope recebeu após a ampla divulgação na imprensa dos componentes da droga ligada a Bieber. “Toda essa atenção enalteceu o uso ilegal e perigoso do produto, o que é contrário à sua indicação original”, afirmou um representante da empresa ao TMZ.

Segundo o site, o xarope era vendido por cerca de 800 dólares normalmente. Depois que a Actavis anunciou a decisão, rappers americanos, usuários da droga, estão oferecendo valores exorbitantes para obter o que restou do produto no mercado. Um deles, cujo nome não foi divulgado pelo TMZ, disse estar disposto a pagar até 100.000 dólares para conseguir o máximo possível de garrafas.

Continua após a publicidade
Publicidade