Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Disney retira estátua de Bill Cosby de parque temático

Comediante de 77 anos, conhecido pela série 'Bill Cosby Show', é acusado de estupro e admitiu ter drogado uma mulher para ter relações sexuais com ela

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 21h29 - Publicado em 8 jul 2015, 15h20

Depois de o comediante americano Bill Cosby, 77, ser acusado de estupro por quase vinte mulheres e admitir que já drogou uma delas para ter relações sexuais, a Disney resolveu desvincular a sua imagem da dele. A empresa decidiu atender a uma petição na internet que pede a retirada do busto de Cosby do parque temático dos estúdios em Hollywood, de acordo com o jornal The Orlando Sentinel.

LEIA TAMBÉM:

Bill Cosby é processado mais uma vez por abuso contra adolescente

Mulher de Bill Cosby defende o comediante de acusações

Acusadoras pedem até US$ 100 milhões de indenização a Bill Cosby

Hospedada no site Change.org, a petição foi criada há sete meses por Britanny Gavrilova e recolheu apenas 274 assinaturas, mas atingiu o seu objetivo, que era o da retirada da estátua. Na apresentação do abaixo-assinado, Britanny diz ser “não só uma fã da Disney”, mas “sobrinha de uma das vítimas do abuso sexual de Bill Cosby”.

Segundo Britanny, o caso de Cosby com sua tia era um segredo de família guardado por muito tempo e que “já é hora da Walt Disney Company retirar a representação do Sr. Cosby de seu Hall da Fama”.

Na terça, 7, Centric e Bounce TV, dois canais americanos de TV paga, cancelaram a exibição dos programas The Cosby Show e Cosby, respectivamente. Já em Washington, D.C., a capital dos Estados Unidos, o restaurante Ben’s Chili Bowl retirou das paredes as imagens de Cosby, frequente visitador do local, afirmou o jornal The Washington Post.

Continua após a publicidade
Publicidade