Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Dez Mandamentos’ chega a 31 pontos e abre 7 de vantagem sobre a Globo

Como esperado, a sequência da abertura do Mar Vermelho dá vitória histórica à Record

Por Da Redação 11 nov 2015, 11h23

Os Dez Mandamentos é mesmo um divisor de águas para a Record. Exibida na noite desta terça-feira, a sequência em que o profeta Moisés (Guilherme Winter) sobe sobre uma pedra de isopor e, cajado erguido, faz o Mar Vermelho se repartir em dois, para a passagem dos hebreus rumo à Terra Prometida, rendeu uma vitória histórica para a emissora da Igreja Universal do Reino de Deus. O folhetim, baseado no Êxodo, da Bíblia, marcou 28,1 pontos de média, com pico de 31 na Grande São Paulo, de acordo com o Ibope.

LEIA TAMBÉM:

‘Os Dez Mandamentos’ capricha no Mar Vermelho – mas faz deserto ‘de isopor’

‘Os Dez Mandamentos’: elenco virou noites para gravar a abertura do Mar Vermelho

As novas ‘pragas’ reservadas à Globo por ‘Os Dez Mandamentos’

‘Os Dez Mandamentos’: Ramsés aceita ideia de Nefertari de matar Moisés

No mesmo horário, 20h35 às 21h56, a Globo, que exibia o Jornal Nacional e a novela A Regra do Jogo, amargou apenas 20,8 pontos. Uma diferença de 7,3 pontos. A derrota da Globo foi pior durante a trama das nove. O confronto direto Os Dez Mandamentos x Jornal Nacional teve placar de 27,3 contra 20,5. Já Os Dez Mandamentos x A Regra do Jogo marcou placar de 30,1 pontos contra 21,5 pontos.

O recorde de audiência de Os Dez Mandamentos, até então, eram 24 pontos de média em São Paulo, conquistados na noite em que era esperada a morte de Amenhotep (José Victor Pires), filho do faraó Ramsés II (Sergio Marone). O menino foi vitimado pela décima praga divina, a que levou à morte os primogênitos dos egípcios. Como a trama vem sendo esticada e os capítulos mudam constantemente, porém, a morte do chatinho Amenhotep ficou para semana seguinte.

Continua após a publicidade
Publicidade