Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Daniel Radcliffe diz que não sabe lidar com fãs choronas

Astro da franquia 'Harry Potter' afirmou em entrevista que se sente péssimo quando crianças de 13 ou 14 anos choram de emoção ao vê-lo

Por Da Redação 7 out 2014, 17h02

Mesmo depois de tantos anos do estouro da franquia Harry Potter, Daniel Radcliffe, intérprete do protagonista no cinema, afirma não saber lidar com fãs adolescentes que choram de emoção ao vê-lo. Em entrevista para a revista americana As If, o ator disse que quer ser visto como um “cara normal”. “Torço para que as pessoas se surpreendam comigo quando me conhecerem pessoalmente e que percebam que sou bem normal”, disse.

Leia também:

Daniel Radcliffe conta que atuou bêbado em ‘Harry Potter’

Daniel Radcliffe tem doença neurológica, diz biógrafo

Radcliffe diz estar ‘velho’ para filme derivado de ‘Harry Potter’

“Todos temos nossas idiossincrasias e momentos de insanidade, mas eu não acho que eu seja um chato desagradável, que é o que muitos pensam de pessoas que cresceram sob os holofotes”, afirmou o ator, que estrelou o primeiro filme da série aos 11 anos. “Obviamente, sei que minha experiência não é igual à de todo mundo, mas, quando converso com as pessoas, não me sinto distante delas de jeito nenhum.”

Radcliffe admite, no entanto, que ainda se surpreende – para não dizer que se assusta – com fãs histéricas que não conseguem dissociá-lo do bruxinho. “O pior é quando as pessoas choram. Sinto algo horrível, principalmente quando são garotas de 13 ou 14 anos. Me sinto péssimo por elas estarem chorando. Não vale a pena chorar. Por favor! Elas geralmente estão chorando de animação, mas, mesmo assim, não sei como lidar com isso.”

Nos últimos anos, o ator vem tentando se desvencilhar da franquia, encerrada em 2011 com o lançamento de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2. Em 2012, ele fez a série Diário de um Jovem Médico, em que interpreta o médico vivido por Jon Hamm (Mad Men) quando jovem. No ano passado, ele encarnou o poeta Allen Ginsberg em Versos de um Crime, que chegou aos cinemas brasileiros em 2014. Atualmente em cartaz, está a comédia romântica Será que?, em que Radcliffe vive par com a atriz Zoe Kazan (Ruby Sparks: A Namorada Perfeita).

Continua após a publicidade

Publicidade