Dado Dolabella é preso por calote em pensão alimentícia | VEJA
Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Dado Dolabella é preso por calote em pensão alimentícia

Ator deve cerca de 200 000 reais à mãe de seu filho de 7 anos, Fabiana Vasconcellos

Por Da redação Atualizado em 24 ago 2017, 18h03 - Publicado em 17 ago 2017, 16h19

O ator Dado Dolabella foi preso na tarde desta quinta-feira por não pagar pensão alimentícia ao filho de 7 anos que ele teve com Fabiana Vasconcellos, a quem deve cerca de 200 000 reais.

A ordem de prisão foi expedida pelo Juiz Marco Antonio Cavalcanti de Souza, titular da Primeira Vara de Família, regional da Barra da Tijuca. Dado será encaminhado ainda nesta quinta para o sistema prisional de Bangu, na Zona Oeste, segundo o delegado Antônio Ricardo Lima Nunes, titular da 11ªDP (Rocinha). A Polícia Militar o prendeu em seu apartamento, no bairro de Copacabana, Zona Sul do Rio.

Embarcando nesta tarde de Belo Horizonte para o Rio de Janeiro, o advogado de Dado, André Fróes, confirmou que o ator não tem condições financeiras de pagar a pensão alimentícia. Segundo o representante, foi aberto em 2014 um pedido de revisão na quantia que deveria ser paga ao filho Eduardo, então de 10 000 reais mensais.

  • “Em tese essa detenção é ilegal, pois o fato de ele não ter como pagar gera uma excludente para a prisão, além da ação revisional aberta que está questionando o valor para a criança”, comentou. “Vamos conversar com o juiz amanhã e justificar o não pagamento no período para tentar um alvará de soltura.”

    (Com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade