Clique e assine a partir de 8,90/mês

Curta brasileiro ‘A Linha’ vence categoria de realidade virtual do Emmy

Trama passada em uma realidade virtual conta história de amor entre Pedro e Rosa, dois bonecos que vivem em uma maquete da cidade de São Paulo, em 1940

Por Tamara Nassif - 1 set 2020, 16h47

O curta-metragem brasileiro A Linha, do diretor Ricardo Laganaro, conquistou nesta terça-feira, 1, o prêmio de melhor mídia interativa do Creative Arts Emmy Awards, a versão da evento americano que avalia categorias técnicas. Neste nicho da premiação, o anúncio dos vencedores tradicionalmente ocorre antes da cerimônia, que será exibida por cinco noites seguidas no site Emmys.com, de 14 a 19 de setembro, cada dia debruçado em categorias diferentes. No caso de A Linha, sua condecoração será no dia 17.

Pensado para ser contado no formato de realidade virtual, o curta conta a história de amor de Pedro e Rosa, dois bonecos que vivem em uma maquete da cidade de São Paulo, em 1940. Na trama, Pedro (dublado por Rodrigo Santoro) é um entregador de jornais que dá uma escapadinha da rota de entrega diária para colher uma flor amarela e presenteá-la, anonimamente, a Rosa (Simone Kliass), uma florista. Tudo vai bem, até que as flores amarelas acabam, e o boneco é então forçado a viver seu maior medo: ir por um novo caminho para encontrar outras.

Na tecnologia de realidade virtual (VR), cada espectador pode entrar de cabeça na trama e usar o próprio corpo como controle, o que torna a experiência ainda mais imersiva. Produzido pelo estúdio ARVORE, o curta também foi premiado no 76º Festival de Veneza, na categoria de Melhor Experiência em VR, e é a primeira versão comercial lançada para o dispositivo Oculus Quest – o par de óculos que permite um mergulho na outra dimensão – que usa o recurso de rastreamento com as mãos.

A cerimônia principal do Emmy, que entrega os mais importantes troféus da televisão, está marcada para uma semana depois do Creative Arts, no dia 20 de setembro. Por causa da pandemia do coronavírus, a festa será virtual e, no Brasil, poderá ser conferida pelo canal pago da TNT.

Continua após a publicidade
Publicidade