Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Crescimento da TV paga desacelera

Setor teve aumento de 4,5% na receita do primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado; na comparação entre o mesmo intervalo de tempo de 2012 e 2011 o crescimento havia sido de 38%

Por Da Redação 30 jul 2013, 18h04
Homem com controle remoto na frente da TV
Homem com controle remoto na frente da TV VEJA

A forte expansão apresentada nos últimos anos pela TV paga no Brasil começa a perder ritmo. O faturamento do setor no primeiro trimestre deste ano cresceu 4,5% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA). É um aumento, de fato, mas o porcentual é considerado mirrado se colocado ao lado do salto registrado entre os mesmos trimestres de 2011 e 2012, quando houve um incremento de 38% na receita bruta do segmento.

Leia também:

Média de reprise de filme na TV paga chegou a 13 em 2012

Cobrança é a principal queixa contra TV paga em 2012

Para o presidente da entidade, Oscar Simões, a desaceleração é explicada pela relutância de novas famílias em contratar pacotes, um possível reflexo da instabilidade econômica no país. Até maio deste ano, segundo cálculos da ABTA, 17 milhões de domicílios possuíam TV por assinatura – o que daria um total de 55 milhões de espectadores para o segmento, em média, ou o equivalente a 30% das casas equipadas com televisão no país. Até o fim do ano, a expectativa da entidade é de que 2,4 milhões de novos clientes fechem pacotes; entre 2010 e 2012 o setor recebeu 6,4 milhões de novos assinantes.

Ainda que menor, o desempenho é considerado satisfatório. Apesar de avançar em um ritmo mais lento do que o visto nos balanços anteriores, a TV a cabo brasileira deve chegar a 28 bilhões de reais de faturamento até o fim do ano, segundo estimativa da ABTA – valor 17,6% maior do que o acumulado pelo setor em 2012 (23,8 bilhões de reais). “Quase nenhum setor da economia cresce em um ritmo de duas casas porcentuais por ano. Não é o resultado que a gente gostaria, mas avaliamos como bom.”

Os elevados resultados obtidos nos anos anteriores levaram o governo a endurecer a regulamentação do setor e a aprovar a lei que estabelece cota mínima de conteúdo brasileiro na programação semanal da TV paga.

Preço de mercado ­- O balanço do primeiro trimestre de 2013 foi apresentado à imprensa pela ABTA junto com o índice de preços para o setor elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na comparação com os valores praticados pelo mercado de TV por assinatura em 47 países, o Brasil é a 16ª nação que paga mais caro pelo serviço. O preço médio do canal pago no país é de 57 centavos de dólar, abaixo do valor médio mundial cobrado (65 centavos de dólares).

Em primeiro lugar está a Grécia, que cobra pouco mais de 4 dólares pelo canal pago, seguida da Nova Zelândia (3 dólares) e dos Emirados Árabes Unidos (2,45 dólares). A Eslováquia é a nação com a TV por assinatura mais barata e cobra 0,1 centavo de dólar por canal.

Em relação ao valor do pacote básico, o Brasil ocupa o 27º lugar no ranking formado por 49 países. A cobrança de 23,25 dólares é menor do que a praticada por países como Estados Unidos (29 dólares) e Nova Zelândia (95 dólares), no topo da lista. A Índia tem o pacote básico mais barato (6 dólares), atrás de Suíça e Turquia (8 dólares) e China (9 dólares).

https://youtube.com/watch?v=SK8Mvd0u7YU

‘Tropa de Elite 2’ (2010)

Reprisado 69 vezes nos canais MegaPix, Telecine Action, Telecine Pipoca e Telecine Premium.

‘Muita Calma Nessa Hora’ (2009)

Reprisado 50 vezes nos canais MegaPix, Telecine Fun, Telecine Pipoca e Telecine Premium.

https://youtube.com/watch?v=aKNNu1wAV_E

‘Quincas Berro D’Água’ (2010)

Reprisado 43 vezes nos canais Telecine Pipoca e Telecine Premium. 

Continua após a publicidade

‘Nosso Lar’ (2010)

Reprisado 39 vezes nos canais Telecine Pipoca, Telecine Premium e Telecine Touch.

‘VIP’s’ (2010)

Reprisado 38 vezes nos canais Telecine Action, Telecine Pipoca e Telecine Premium.

‘Aparecida – O Milagre’ (2010)

Reprisado 37 vezes nos canais Telecine Pipoca, Telecine Premium e Telecine Touch.

‘Bruna Surfistinha’ (2010)

Reprisado 37 vezes nos canais MegaPix, Telecine Pipoca, Telecine Premium e Telecine Touch.

‘Assalto ao Banco Central’

Reprisado 33 vezes nos canais Telecine Pipoca e Telecine Premium.

‘Os Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas’ (2009)

Reprisado 33 vezes nos canais MegaPix e Telecine Fun.

‘Cilada.com’ (2010)

Reprisado 32 vezes nos canais Telecine Pipoca e Telecine Premium.

Continua após a publicidade

Publicidade