Clique e assine a partir de 9,90/mês

Crema Gelato Italiano é eleita a melhor sorveteria

O pequeno império gelado aposta em técnicas italianas e frutos regionais

Por Daniel Salles - 17 nov 2018, 01h00

André Rossetto conta que, antes de experimentar as delícias de comandar uma bem-sucedida sorveteria, eleita a melhor da cidade pela segunda vez, amargou uma temporada à frente de uma rede de estacionamentos. Foi para comandá-la que o paulistano trocou sua cidade natal por Salvador, quase vinte anos atrás. E foi em razão dessa mesma rede, da qual ainda é sócio, que Rossetto decidiu se aventurar no universo dos sorvetes. “Como dono de estacionamento eu só tomava paulada, mesmo fazendo tudo corretamente”, afirma o empresário. “Quis então investir em algo de que todo mundo gosta. Quem não gosta de sorvete?” Hoje com cinco unidades, a Crema segue o ideário italiano — leia-se nada de corantes e demais ingredientes artificiais — e dá preferência a frutas regionais como cajá, mangaba, açaí e cupuaçu, alguns dos 45 sabores em linha. Todos os dias, cerca de vinte deles são produzidos na matriz, na Pituba, que ocupa um espaçoso salão com pé-direito duplo decorado com grandes fotografias de ingredientes como castanha e kiwi. Os potinhos com até três sabores custam entre R$ 11,00 e R$ 15,00. A casquinha comporta um ou dois (R$ 11,00 e R$ 13,00, respectivamente). Iogurte com amarena e pistache são duas das escolhas mais recorrentes; tiramisu e leite Ninho, duas das criações sazonais. Para tapear a fome, há pedidas como croissant acompanhado de pastas de roquefort e de azeitona, doce de leite ou Nutella (R$ 12,00, com duas guarnições). Para fechar, o cappuccino sai por R$ 8,00. Avenida Paulo VI, 1890, Pituba, ☎ 3106-0000 (40 lugares). 11h/21h. Mais quatro endereços. Aberto em 2015.

2º lugar: A Cubana

3º lugar: Sorveteria da Ribeira

+ Conheça os campeões de VEJA COMER & BEBER Salvador 2018/2019
Publicidade